Postagens populares

Pesquisar este blog

Carregando...

domingo, 2 de outubro de 2016

BRAZIL


Sem pé
                                 Nem cabeça
                                      Marina da silva


Não canto
Só escrevo lamentos
Pasmos, pensações e
Umas coisas da vida,
Que povoam a cabeça.

Então meu canto
Torto
Pode não agradar
Nem tocar certeiro
O coração, a alma
O alvo endereçado
Do meu falar.

Hoje meu canto é
Paz, promessa, compromisso
De que
Mesmo em meio estranho
Retumbe e faça estrago
Deixe suas marcas
De fantasia, alegria
De vida
Da certeza de que
Não importando
As asperezas do mundo
Está salvo quem
Mesmo torto, enviesado
Ainda

Consiga cantar!