Postagens populares

Pesquisar este blog

segunda-feira, 24 de julho de 2017

BRAZIL.ENEM REDAÇÃO: CORRUPÇÃO E CORROSÃO DO CARÁTER DA POLÍTICA E DOS POLÍTICOS

TEMA REDAÇÃO ENEM-UOL: JANEIRO/2017.
Marina da Silva. Print screen



SOMOS TODOS CORRUPTOS?





"(...) se vos disser que para o homem nenhum bem supera o discorrer sobre a virtude e outras temas (...), e que a vida sem exame não é vida digna de um ser humano acreditareis menos em minhas palavras."1



 Marina da Silva

Esta sim, é uma questão, no mínimo capciosa, mal intencionada e de um mau-caratismo inenarrável para com os jovens que irão se submeter ao Exame Nacional do Ensino Médio-ENEM em Novembro/2017. Ela traz em si uma tal profundidade e complexidade filosófica que vem desafiando grandes mentes desde que "Deus expulsou Eva e Adão do paraíso" e os deixou face to face para encarar o "Admirável Mundo Novo" e satisfazer suas necessidades com sangue e suor do próprio trabalho! Primeiramente vamos dar uma olhadela rápida no Aurelião, o pai dos burros, como é conhecido o dicionário da Língua Portuguesa de Aurélio Buarque de Holanda,  no significado de corrupção: 1. Depravação; 2. Suborno; 3.  Alteração; 4. sedução.2  Já no Houaiss  há uma explicação mais substanciosa. Corrupção: 1. deterioração física de algo,  putrefação (ex.  dos alimentos); no sentido figurado é: 2. depravação de hábitos e costumes, etc., devassidão (antônimo de decência); 3. oferta de dinheiro ou vantagem em troca de um benefício geralmente ilegal; suborno.3
Como o Brasil vive banhado em corrupção, desde os tempos de Cabral (o descobridor do Brasil em 1500. Não confundir com Sérgio Cabral, ex-governador do Rio de Janeiro, preso por crimes gravíssimos de corrupção nas investigações da Operação Lava jato), claro que o assunto que vamos discutir se refere ao processo de formação da sociedade e do povo brasileiro, enfim, do país! O que é impossível de se fazer sem um resgate histórico mais amplo da civilização ocidental a partir da invenção da política ou arte de administrar pelos gregos!
Para tentar responder ou aproximar deste trabalho hercúleo SOMOS TODOS CORRUPTOS? é necessário adotarmos a postura filosófica de Sócrates (366aC - 399aC) e admitir "Sei que nada sei"; desconstruindo o mundo platônico perfeito  (Platão 427aC - 347aC) que jamais se encaixa no real da real vida humana em sociedade; bebendo a sabedoria de Buda (Sidarta Gautama, 563aC - 483aC) para entender e aceitar que o Todo está no Uno e o Uno está no Todo, fugindo da pobreza dualística   de Mani (Manes, Maniqueu - século II dC)4 encarcerado entre o Bem (Deus, Luz) e Mal (Trevas, diabo) e nada mais além; tendo o carinho e cuidado de não reduzir o pensamento de Nicolau Maquiavel (1469dC - 1527dC) à simples afirmação "Os fins justificam os meios" porque os homens  são maus por natureza e só fazem o bem para justificar um mal maior impingido a muitos outros! 
Traduzida pelos republicanos ocidentais ou "direita conservadora" (proteger os exploradores, expropriadores e donos das riquezas produzidas socialmente por todos) na frase "Fazer o Mal para fazer o Bem" ou seja, privilegiar os vícios, males, ganância, individualismo, egoísmo, corrupção ética, moral, religiosa em detrimento das virtudes  do bem, solidariedade, compaixão, amor, caridade, respeito, honestidade, igualdade, partilha, importar-se com todos!"  Numa sociedade a vida de todos os seres humanos importa!
Voltar os olhos, o pensar, o criticar, filosofar, criar, discorrer sobre as virtudes da vida  humana em sociedade é uma preocupação inerente ao ser humano no processo civilizatório, na construção da sociabilidade humana.  O que promove a estabilidade, ordem e progresso de reinos, principados, repúblicas? Uma preocupação milenar que angustiava Agostinho (354dC - 430dC) para quem o Mal é o afastamento de Deus e de suas leis e mandamentos ou Jean-Jacques Rosseau (1712dC - 1778dC) que acredita na bondade humana quanto mais próximo do estágio selvagem e longe das criações humanas ou sociedades civilizadas! No mundo civilizado, a ordem e estabilidade seriam dadas pelo Contrato Social entre os cidadãos e seus representantes legais e tudo dentro do Espírito das leis como professava e afirmava Montesquieu (1689dC - 1755dC). O Legislativo é o representante do povo, o Executivo executa tudo para o bem do povo e o Judiciário faz valer as leis e faz a "justiça" mantendo na linha aqueles que não seguem o que o povo demanda em prol de todos!
O que leva à corrupção e corrosão do corpo social (indivíduos) e do corpo político (administradores/governantes/detentores da riqueza e do poder político-social)? Por que alguns impérios tiveram longa vida e outros não? O que levou à decadência, por exemplo, o império romano? É na obra de Maquiavel que tal preocupação ganha destaque e vai influenciar os governantes  a partir da transição feudal para o Estado moderno e  modo de produção e economia capitalista cujo funcionamento se dá pela "Mão invisível (deus) do mercado" criada pelo economista clássico Adam Smith (1723dC - 1790dC) em "A riqueza das nações".
Muitos se ocuparam em entender "a corrupção", principalmente da vida humana no processo infinito de construção da sociabilidade rumo à civilização, onde estabilidade, permanência, imutabilidade estão fora de cogitação!  Somos seres sociais, formamos laços sociais relacionando uns com os outros e com natureza (meio em que vivemos) para satisfazermos necessidades e nunca nada esteve ou estará a contento de nossas necessidades que, a partir do momento em que são satisfeitas geram novas necessidades cada vez mais complexas e diversas e "Assim caminha a humanidade" no início a passos de tartaruga, depois ao trote de cavalos, máquina a vapor, luz elétrica, Ford T, Ferrari e atualmente na instantaneidade da internet! Claro que são passos civilizatórios diferenciados no tempo, espaço; estágios que hoje, século XXI, nos deixa estupefatos quando sabemos da capacidade humana de produzir alimentos, vacinas, ir a outros planetas, robotizar a produção de mercadorias, mas que se dá sobre a exploração, expropriação,  desumanização e pauperização de bilhões de seres humanos!
Qual é a Cara do Brasil? Pergunta o poeta:O Brasil é o que tem talher de prata ou aquele que só come com a mão? Ou será que o Brasil é o que não come o Brasil gordo na contradição?".5 O pais tem a cara da desigualdade e de um enorme fosso econômico entre os 1% da população que detêm a riqueza e 99% que vive/sobrevive do trabalho!
Feito este pequeno prelúdio, vamos responder a questão ENEM:


 SOMOS TODOS CORRUPTOS?

Resultado de imagem para lixão alimento de gente
www.google.com.br/images. 2012. Rio de Janeiro. Lixão de Itaóca. "A busca por alimentos dura quase uma hora. Como se já não bastasse ter que remexer todo o lixo sob um forte cheiro azedo no ar, há ainda uma disputa com os cavalos, porcos e urubus pelos restos de alimentos.6

SIM, resposta para tudo que é vivo, reinos vegetal e animal! Se estivéssemos falando da condição bio-psico-fisiológica do ser humano. A corrupção começa já a partir do momento em que o gameta masculino funde-se com o gameta feminino e termina num prazo mais ou menos, atualmente, de noventa anos. A média de expectativa de vida em alguns lugares e para alguns seres humanos está próxima aos 78/80 anos!
SIM também para o reino mineral tanto naturalmente, processo que leva milhões de anos (escala geológica) sem a interação/intervenção humana para além da satisfação de necessidades reais, valores de uso. A partir do momento em que se começa a usar este reino para valores de troca, comércio (desenfreado, insustentável) como  por exemplo construção de casas, campos de futebol, vilas olímpicas inúteis (Vila Olímpica RJ e Arena Amazonas) à confecção de joias a "corrupção" mineral pode ser acelerada. Um exemplo é a mineração da serra do Curral em Belo Horizonte, veja imagem. Pouco mais de 50 anos de mineração MBR e cadê as rochas que estavam aqui?
Resultado de imagem para serra do curral mineração
www.google.com.br/images. Vista aérea da Serra do Curral, Belo Horizonte. MG. 


NÃO. A resposta é NÃO se a questão estiver  relacionada aos seres humanos viventes no planeta Terra e ao caráter, virtudes e valores humanos: morais, éticos, religiosos, étnicos, honra, honestidade, e ainda valores culturais, folclóricos, etc. Se os cerca de 7 bilhões de humanos fossem todos corruptos esta questão não teria o menor cabimento e seria tolo pedir uma dissertação sobre tal em um ENEM!
www.google.com.br/images. SOMOS TODOS CORRUPTOS? NÃO. #SOMOSTODOSHUMANOS



A  questão ENEM  "SOMOS TODOS CORRUPTOS"  na verdade faz parte de uma "super hiper mega plus blaster"7 estratégia política dentro do contexto de grave crise de ilegalidade, inconstitucionalidade, altíssimos níveis de corrupção, roubos e crimes contra os cofres públicos da nação  e que pôs em xeque a prática política brasileira de oligarquias (coronéis e barões) que dominam o poder desde a instauração da República em 15 de novembro de 1889 e ficou insustentável na eclosão do maior crime de corrupção de todos os tempos, no momento, os crimes investigados pela Operação Lava jato. 
Somos todos corruptos? é uma aventura tão complexa e profunda de possibilidades que só para destrinchar o verbo "somos" daria uma tese doutoral! Somos: Quem, o que, quando, onde, por que, a que se remete este verbo (ser) de ligação, auxiliar, irregular, anômalo, bipolar, dúbio, instável intransitivo às vezes transitivo indireto, sim, somos ou estamos corruptos? E na questão Somos todos corruptos? por que o "sujeito" da oração foi ocultado, indeterminado, mas claramente se remete a NÓS?  E corruptos? é um mero adjunto adnominal/adverbial ou um "estado" declarado de algo, alguém, todos, tudo?
Masturbações, ops, elucubrações mentais à parte, o que importa realmente não é a profundidade biopsicossocial, histórica-econômica-política-cultural da corrupção inerente à todas as formas de governo no processo civilizatório, na humanização do homem/natureza, especialmente no modo de produção capitalista; nem mesmo se remete ao tema racial da questão, pois para aqueles que estão à frente, endireita, Brasil "preto parado é suspeito, correndo é ladrão"; ser negro é crime (em mais de 50 tons) e a pena é de morte; com direito a bancada da bala nas câmaras municipais, estaduais, federal e senado!

www.google.com.br/images. Estes são alguns dos principais corruptos, criminosos que lesaram/lesam os cofres públicos fraudando licitações e superfaturamento de obras públicas,  achacam empresários cobrando propinas; denunciados, gravados, delatados nos crimes da Operação Lava Jato e... ESTÃO GOVERNANDO O PAÍS! SIM, SOMOS TODOS CORRUPTOS É A RESPOSTA PARA ESTES.8


A questão SOMOS TODOS CORRUPTOS? pede para os estudantes uma redação ENEM simplória que corrobore o atual estado de corrupção e degeneração  do corpo político em todos os poderes (Legislativo, Executivo, Judiciário e Ministério Público Federal) pelo qual passa o Brasil, onde "A lei é para todos", exceto para os donos do poder, políticos tradicionalmente corruptos como por exemplo José Sarney e família; Aécio Neves e família; Renan Calheiros, Sérgio Cabral, José Serra, Moreira Franco, ficando nestes para não alongar o texto! Excetuando a classe detentora das riquezas, os 1% mais ricos, demais classes são passíveis de aplicação da justiça (classes médias de pele clara, amarela); exceto os PPP- pretos, pobres, periferia (inclui negros, mulatos, pardos, mestiços, 50 tons de morenos, favelados, baixa renda e miseráveis) que sequer tem direito ao devido processo legal e a pena de morte é aplicada pelas polícias e/ou milícias oficiais e grupos civis de extermínio.

Resultado de imagem para parar em fila dupla valor da multa
www.google.com.br/images. Parar em fila dupla no trânsito É INFRAÇÃO e a multa é de R$195,23 assim como estacionar no passeio, na faixa de pedestre, na vaga para deficiente. Cobrar milhões em propinas da Odebrecht, ato de muitos políticos corruptos, É CRIME DE CORRUPÇÃO, CRIME LESA-PÁTRIA GRAVÍSSIMO, assim como superfaturamento de valores de obras públicas. Comparar os dois atos é sacanagem da grossa!


Simplificando a magnitude da crise de corrupção atual no Brasil para se chegar a questão ENEM; Somos todos corruptos?  quer apenas desviar a atenção e o foco sobre os verdadeiros ladrões, criminosos, políticos corruptos, achacadores e quiçá, assassinos, jogando cerca de 205 milhões de habitantes no mesmo balaio de crimes e corrupção destes! É vender a ideia e criar paisagens de "Somos todos corruptos" igualando  e tornando válida a corrupção no poder!
"Você que avança sinal vermelho" é tão corrupto quanto os corruptos que estão no governo!; Fala em corrupção e para em fila dupla para pegar filho na escola; Corrupção só dos outros, da sua não!; Só Deus pode julgar pastores corruptos e no outro mundo! As redes sociais são inundadas com teses e palestras Somos todos corruptos diariamente! Interessante no caso dos políticos pastores evangélicos corruptos é que, Deus permitiu que seu Filho amado, Jesus, inocente, fosse julgado e condenado à morte na cruz pelas leis do império romano aqui na Terra, mas vai julgar os políticos corruptos evangélicos no Além?
www.google.com.br/images. Fake news espalhada pelos defensores de Trump.

Somos todos corruptos é uma estratégia política espúria, imoral, ignominiosa, abjeta e fenomenal para a manipulação psicológica das "massas", colocando a população no modo "agente de estado"9, gado eleitoral alienado, manobrável com mentiras e detrações sobre os fatos reais, espalhamento de fofocas, roubando-nos o direito de indignação e cobrança de justiça; desativando nossas forças de ataque contra a corrupção/corruptos/corruptores e nos submetendo à ilegalidade, inconstitucionalidade, imoralidade e ao banditismo que se apossou do Brasil nos três poderes! Afetando  principalmente os indivíduos que adoram respostas prontas, sofrem de anemia intelectual e amortecem a consciência para seguir e obedecer autoridades corrompidas! Não é novidade na História mundial (Hitlerismo) e a mais recente onda de fake news (mentiras na mídia e redes sociais) elegeu para a Casa Branca, um deplorável como Donald Trump!


"Estado de agente. As pessoas não chegam a ver toda a situação mas apenas uma pequena parte dela. Há uma divisão de trabalhos pequenos e especializados e não podemos agir sem algum tipo de comando. Eu chamo isso de estado de agente. Os indivíduos cedem à autoridade e ao fazê-lo tornam-se alienados de suas próprias ações. O indivíduo se define como instrumento de realização dos desejos dos outros. A pessoa tem a escolha. Ela escolhe se tornar agente." Stanley Milgram

Mas há possibilidade de reversão deste estado de agente se a pessoa fizer uso de sua consciência, de seu livre arbítrio. Mas, alerta Milgram, uma vez feita a escolha de estado de agente, praticamente é impossível fazer o indivíduo voltar atrás.


Como somos todos corruptos?

www.google.com.br/images. Coxinhas...afff.


Eis a jogada: todos os dias somos bombardeados por todas as mídias de comunicação, principalmente TV's e na internet, com o culto, louvor e adoração ao discurso de ódio, racismo, homofobia ou discurso politicamente incorreto, adoração da "pós-verdade" que nada mais é que uma inversão de virtudes/vícios, tratando os vícios como desejável (lembre do alto grau de  mentiras e corrupção no Brasil e mundo, Estados Unidos, incluso). É o império do totalitarismo e imposição da intolerância, imoralidade, anti-ético, anti-democrático, contra as liberdades individuais, liberdade de imprensa, imposição da mentira, maledicência, fofocas, detrações, berros, gritos, ataques morais e físicos como normal e salutar tanto na vida privada e especialmente no poder público, administração pública! 

PEGA NA MENTIRA10

"Pega na mentira, pega na mentira
Corta o rabo dela, pisa em cima, bate nela
Pega na mentira"

19-02-2017

Fake News. Folha publica reportagem sobre sites de notícias falsas e por modéstia (?) esquece de se incluir no grupo


"A Folha publicou hoje uma reportagem sobre sites que produzem notícias falsas. Curiosamente, não há nenhuma referência à própria Folha, nem ao Globo, Veja (logo ela, do boimate), Estadão, sem falar nas menores — Época e QuantoÉ.

Por exemplo: Tudo é fake nessa notícia reproduzida aqui [imagem], que a Folha publicou num domingo (dia de maior venda de jornais), no alto da página à esquerda (espaço mais nobre).

A ficha de Dilma é falsa. A informação de que o grupo dela planejava o sequestro de Delfim Netto, idem.

Só posso considerar que a Folha não se incluiu no grupo dos produtores de notícias falsas como uma prova da modéstia do seu diretor de redação Otávio Frias Filho." http://blogdomello.blogspot.com.br/2017/02/fake-news-folha-publica-reportagem.html








Fontes:

1. Biografias - Veja mais em :  https://educacao.uol.com.br/biografias/socrates; Platão; Buda; Maquiavel.  "Pode alguém perguntar: 'Mas não serás capaz, ó Sócrates, de nos deixar e viver calado e quieto?' Não convenceria alguns dentre vós de nada mais dificilmente do que disso. Se vos disser que assim desobedeceria ao deus e, por isso,...Sócrates 



2. HOLANDA, Aurélio Buarque de. Dicionário eletrônico. https://dicionariodoaurelio.com/corrupcao



3. HOUAISS, Antônio et al. Minidicionário da \Língua Portuguesa. Rio de Janeiro: Objetiva. 2004.





4. https://www.dicio.com.br/maniqueismo/MANIQUEU OU MANI, MANES. MANIQUEISMO: "1. rel dualismo religioso sincretista que se originou na Pérsia e foi amplamente difundido no Império Romano (sIII d.C. e IV d.C.), cuja doutrina consistia basicamente em afirmar a existência de um conflito cósmico entre o reino da luz (o Bem) e o das sombras (o Mal), em localizar a matéria e a carne no reino das sombras, e em afirmar que ao homem se impunha o dever de ajudar à vitória do Bem por meio de práticas ascéticas, esp. evitando a procriação e os alimentos de origem animal. 2. p.ext. qualquer visão do mundo que o divide em poderes opostos e incompatíveis."admitir que os bons sejam sempre bons e os maus sempre maus ..."



5. MATOGROSSO, Ney. a Cara do Brasil.https://www.letras.com.br/ney-matogrosso/a-cara-do-brasil



6. http://www.jb.com.br/rio/noticias/2012/08/28/populacao-do-lixao-de-itaoca-sofre-com-abandono-regiao-sofre-dano-ambiental/População do lixão de Itaóca sofre com abandono; região sofre dano ambiental.Diferentemente dos catadores de Gramacho, 700 trabalhadores de São Gonçalo não foram indenizados



7 "Super hiper mega plus blaster " é uma expressão  usada nas redes sociais e se relaciona com algo surpreendente, fenomenal, inesperado. Tem como emoji a carinha "de boca aberta e queixo caído".



8. OPERAÇÃO LAVA JATO. Sobre o assunto ver: http://lavajato.mpf.mp.br/entenda-o-caso; FOLHA PODER http://arte.folha.uol.com.br/poder/operacao-lava-jato/; fases da OPERAÇÃO LAVA JATO http://arte.folha.uol.com.br/poder/operacao-lava-jato/#capitulo4; ETC.



9. SILVA, Marina da. Sobre o assuntoo ler no blog tema ENEM: POR QUE NÃO HÁ MAIS NOVAS MANIFESTAÇÕES NAS RUAS?



10. CARLOS, Erasmo. Pega na mentira. https://www.vagalume.com.br/erasmo-carlos/pega-na-mentira.html

terça-feira, 18 de julho de 2017

BRAZIL. ENEM REDAÇÃO TEMA UOL

TEMA JULHO

MIMIMIZANDO

POR QUE NÃO HÁ MAIS NOVAS MANIFESTAÇÕES NAS RUAS?


Marina da Silva print screen de www.uol.com.br/redaçãoEnen

Marina da Silva

O Objetivo deste texto é ajudar alunos que vão se submeter ao ENEM-Exame Nacional do Ensino Médio, em Novembro/ 2017 discorrendo um pouco sobre o tema do Banco de Redações UOL. Antes de adentrar pelo ASSUNTO dado: Por que não há mais novas manifestações nas ruas? é necessário  clarificar o que seja mimimizando; forma gerúndio do verbo mimimizar cujo radical mimimi tem como significado o ato de pensar, discorrer, falar, questionar, criticar, filosofar a vida como ela é/está ou poderia ser! O mimimi surgiu na redes sociais e invadiu o cotidiano contra as pessoas que falam demais, criticam, pensam, questionam e filosofam tudo, especialmente a corrupção no Brasil e é um neologismo criado por indivíduos que não gostam de mimimi, apelidados de minions1 ou aqueles que usam muito pouco o cérebro por preguiça intelectual ou porque gostam de respostas prontas "em nome da ciência, da decência", da família, tradição e propriedade.
Mionizar é o antônimo ou contrário de mimimizar que a grosso modo é o ato de fazer uso, mesmo que mínimo, do intelecto; é não se aceitar como receptáculo e ou mero replicador das verdades oficiais e respostas prontas dos grupos dominantes que detêm as riquezas e poder político! Minions geralmente defendem o indefensável, imoral, antiético, corrompido, vícios, maledicências, o anti-religioso, desumano contra os menos favorecidos nas sociedades.
No Brasil atendem também pelo apelido "Coxinhas" (um estrato expressivo da classe média clássica, mas não somente desta) e defendem o discurso politicamente incorreto: intolerância, racismo, homofobia, pena de morte para pretos, pobres, favelados, nordestinos, etc; imploram pelo fim da democracia e liberdade, querem a volta da ditadura militar e outras sandices em nome da ordem e progresso! Idolatram figuras autoritárias, grosseiras, mandonas, gritadoras, líderes maléficos como, por exemplo, Hitler, Himmler e atualmente Donald Trump, presidente norte-americano e Jair Bolsonaro, presidenciável, se houver eleições em 2018!
Mas voltando ao tema, vamos ao mimimi inicial: Por que não há mais novas manifestações nas ruas?
Foto Marina da Silva. Belo Horizonte. MG. 30-06-2017.Manifestações #nenhumdireitoamenos e #diretasjá. Luta contra reformas trabalhista, previdência e contra a Lei da Terceirização.

Claro que há velhas e novas manifestações nas ruas em todo o Brasil. Elas não paralisaram e ainda tomaram  cor, forma e conteúdo da esquerda ligada  ao ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva. A partir de março de 2015 as manifestações contra corrupção que começaram contra a alta corrupção nos PAC's Copa e Olimpíadas (revoltas do busão 2012-2013) deram lugar para #ForaDilma, #ForaLula, #ForaPT; #FicaDilma, #Lulaeuteamo! Depois do golpe em 31-08-2016 manifestantes ocupam as ruas e pedem  #Foratemer; #FicaDilma, #VoltaDilma e atualmente #DiretasJá e #Lula2018!
Com o banditismo no poder [Temer e aliados] e a crise de ilegalidade e inconstitucionalidade política, a luta contra este caos institucional e prisão dos corruptos são os temas das manifestações, a mais importante em número de pessoas ocorreu em 28-04-2017 em várias cidades brasileiras e nas metrópoles com a chamada GREVE GERAL liderada por sindicatos, associações, centrais sindicais, movimentos LGBTRAN, MST, Movimento dos sem-teto, identidades religiosas, etc.
Foto Marina da Silva. Concentração Praça da Estação. BH/MG. 30-06-2017. Entidades indígenas e religiosas ligadas a movimentos sociais, MST- movimento dos sem-terras e outros aderiram ao ato.

O que não está explícito no tema e até pode ser uma "pegadinha"...ou não, é que quem o criou gostaria de saber sim: Por que não há mais novas manifestações dos COXINHAS ou minions nas ruas? Por que deixaram as ruas? Acabou a corrupção no Brasil?


Foto Marina da Silva: "Foram me chamar eu estou aqui o que é que há?" Coxinhas foram bombardeados com mensagens de indignação e ódio contra os petistas, Lula, Dilma  desde o Mensalão 2005 e foram às ruas entre março de 2015 até 31-08-2016 após concluso o golpe e a destituição da presidenta eleita por mais de 54.5 milhões de eleitores!

E a resposta é, infelizmente, simples,  clara, sem enigmas! As manifestações a partir de 2015 cumpriram a missão estratégica dada pelos políticos do PSDB, partido derrotado por Dilma e seus aliados (DEMO's, PP, PRB, citando alguns), cujo expoente e homem-bomba foi o senador Aécio Neves e distribuída, repetida e replicada sobre o povo pelas Organizações Globo, Bandeirantes, SBT, Record, Rede TV,  cinco famílias que dominam a comunicação e informação no país. Qual a missão dos Coxinhas? Dar fundamento, corpo e voz ao golpe de Estado que destituiu Dilma Rousseff da presidência por pedaladas fiscais. Se os defensores de Aécio conhecessem a Constituição Federal de 1988, saberiam que uma presidenta não pode ser deposta por "erros administrativos" e saberiam que estavam participando do golpe de Estado cristalizado em 31-08-2016.


Mosaico a partir de www.google.com.br/images. "Se o mestre mandar...VÁ! Se não for um "bolo"(palmatória)!" Grupos foram criados para movimentar as pessoas nas redes em ambas as torcidas: ricos de Aécio PSDB X  Pobres de Lula/Dilma PT. Ex: Revoltados Online, MBL. Descobriu-se depois que  revoltados eram partidários/filiados ao PSDB e aliados e receberam propinas da FIESP e partidos políticos.

"A verdade é dura - cantam manifestantes pró-Dilma - a Globo apoiou a ditadura (golpe militar 1964-1984)" e o golpe de Estado parlamentar contra Dilma Rousseff, que teve seu primeiro mandato inviabilizado pelo Legislativo e o segundo surrupiado por políticos corruptos denunciados nos crimes da Operação Lava Jato. A título de esclarecimento: a presidenta Dilma, até o momento em que escrevo, jamais foi citada em qualquer crime de improbidade administrativa ou malversação do dinheiro público ou quaisquer outros!
O que começou como revanchismo pela derrota de Aécio em 2014, foi apropriado e transformado numa arma mortal contra petistas, Dilma, Lula! Ocoxinhas foram alimentados pela Hate machine Globo!
Houve uma tentativa de reunir as forças Coxinhas em Dezembro de 2016, após o golpe, em torno do nome do juiz federal, funcionário incompetente (estou sendo boazinha), parcial e fanático por holofotes e tribuna de mídia, Sérgio Moro!
Mosaico a partir de images www.google.com.br. Dezembro de 2016. Em Sérgio Moro a/há verdade?


Alguns Coxinhas responderam ao chamado pós-golpe de estado, mesmo com as revelações  de que o principal articulador nas redes sociais, o grupo MBL2 estava envolvido em negociações escusas com federações das indústrias e outras associações e com partidos políticos. Sem falar nos corruptos que encenaram o impeachment na Câmara Federal, Eduardo Cunha (preso) e o relator do impeachment no senado, Antônio Anastasia citado em delações desde 2015. Mesmo assim lá foram eles defender o indefensável. Foi um fiasco geral!
Então por que não há mais novas manifestações Coxinhas nas ruas?
Porque, movidos pela máquina de ódio, principalmente das  Organizações Globo, o que importava aos Coxinhas era extravasar toda a raiva, rancor, ojeriza e ódio irracional contra o governo PT, Lula, Dilma, petistas e número treze: Lulafobia, Dilmafobia, PTfobia, 13fobia, enfim, contra os esquerdopatas e seu bando de pobres, ops, pobrália, mortadelas instiladas pela Globo e cia.! A irracionalidade Coxinha é inexplicável pelo simples fato de que os 13 anos do governo petista foram considerados, mundialmente, como uma etapa de grande crescimento econômico no país e também de desenvolvimento social, retirando milhões da pobreza extrema e miséria! E os Coxinhas foram contra isto? Ficaram contra o que foi melhor para todos, neoliberais inclusos? Vá se entender!



Mosaico a partir de www.google.com.br/images. PT fora do governo.Comemoração na câmara e senado e nas ruas. Um dia catártico para os Coxinhas e orgásmico para os corruptos de todas as legendas envolvidos nos crimes da Operação Lava jato!




O Brasil se encontra atolado em corrupção e banditismo e numa harmoniosa convivência e concupiscência entre os poderes Legislativo, Executivo, Judiciário, Ministério Público Federal e tudo banhado em milhões de dólares roubados dos cofres públicos e achacados de empresários que eram praticamente obrigados a pagar propinas! Oras, se a situação sem o PT está imensamente pior, por que não há mais novas manifestações Coxinhas nas ruas?
Porque a luta dos Coxinhas não era contra o estado atual de corrupção no país, investigado e vindo a público no governo PT, mas somente contra os corruptos do PT, Lula e Dilma e mesmo contra a honestidade petista! Um anti-petismo, ódio e ira açulados pela Hate machine Globo e que se esvaziou assim que a presidenta foi deposta e abertos inúmeros processos contra Lula. Milhões de Coxinhas lotaram as ruas e praças e cantaram, xingaram, dançaram,  soltaram fogos de artifício, vestidos com a camisa da Seleção brasileira de futebol, balançando bandeiras e cartazes! Milhares de memes ofensivas e desrespeitosas contra Lula e Dilma navegaram à velocidade da Luz pelas redes sociais! Era o fim da corrupção no Brasil na cabeça Coxinha!
Mas realmente chutar o PT para fora do poder foi o fim da corrupção? NÃO!


Resultado de imagem para cunha meu malvado favorito
www.google.com.br/images. Corrupto preso pela Operação Lava jato, Cunha e minions, uma meme adorada pelos fãs de Eduardo Cunha, "Meu malvado favorito". Minions  e Bolsominios são neologismos que circulam nas redes para se referir aos eleitores Coxinhas e aos eleitores de Jair Bolsonaro!




Talvez os minions voltassem às ruas para apoiar o senador Aécio Neves, um dos mais irracionais e raivosos dos políticos que tramaram a usurpação do poder! Aécio foi um líder de torcida e articulador do golpe acreditando numa governança PSDB/PMDB. Foi passado para trás por velhas raposas, corruptos há décadas no poder como Sarney, Renan Calheiros, Michel Temer, Romero Jucá, Eduardo Cunha, o Malvado favorito dos Coxinhas e que deu andamento no processo de "impeachment" e atualmente está preso por crimes cometidos e investigados na Operação Lava jato. Todo o país sabe da corrupção e principais corruptos em cada cidade, estado e no país; está na TV Globo todos os dias e nos jornais, revistas e demais mídias Globo. Enfim, em todas as mídias do planeta! Mas na cabeça Coxinha "A culpa é da Dilma; Lularápio, nordestino, cachaceiro, língua-presa; A culpa é do PT".
Você pode até informá-los sobre Michel Temer e seus crimes ligados a JBS, operação Carne fraca, uma das atuais fases da operação Lava jato. E o que eles respondem? Temer é vice de Dilma, a culpa é do PT!

Imagem relacionada
http://g1.globo.com/sao-paulo/noticia/2016/08/grupo-comemora-na-avenida-paulista-o-impeachment-de-dilma-rousseff.html

Talvez uma questão-tema mais importante para a nação e para o ENEM seja a discussão: Por que os manifestantes pró-impeachment vestiram  a camisa da seleção Canarinho (verde, amarelo, azul e branco) e defenderam o indefensável? Por que se comportaram como massa de manobra sem quaisquer questionamento sobre a veracidade dos fatos? Por que filtraram as notícias e focaram só nas denúncias contra o PT, Lula e Dilma se a Globo e demais redes de TV nomeavam todos os dias os demais corruptos envolvidos nos crimes de corrupção da Lava jato?

"Estado de agente. As pessoas não chegam a ver toda a situação mas apenas uma pequena parte dela. Há uma divisão de trabalhos pequenos e especializados e não podemos agir sem algum tipo de comando. Eu chamo isso de estado de agente. Os indivíduos cedem à autoridade e ao fazê-lo tornam-se alienados de suas próprias ações. O indivíduo se define como instrumento de realização dos desejos dos outros. A pessoa tem a escolha. Ela escolhe se tornar agente." Stanley Milgram.3
Mas há possibilidade de reversão deste estado de agente se a pessoa fizer uso de sua consciência, de seu livre arbítrio. Mas, alerta Milgram, uma vez feita a escolha de estado de agente, praticamente é impossível fazer o indivíduo voltar atrás.






Fontes:
1. Minions. Um filme de Pierre Coffin. Minions são seres amarelos milenares, os minions têm uma missão: servir os maiores vilões. www.adorocinema.com

2. MBL- Movimento Brasil Livre. Criado em 2014 ficou conhecido pela ferocidade anti-petista. "Documentos exclusivos revelam patrimônio obscuro e ligações de políticos corruptos com líderes de protestos. Nos últimos tempos, acumulam-se evidências de que os integrantes do MBL não são exatamente os heróis emulados por uma parte da mídia. Estão longe de ser apartidários (um de seus líderes admitiu que o grupo recebeu apoio financeiro do PSDB, partido mais interessado em derrubar a presidenta Dilma Rousseff) ou mesmo ético.
Uma investigação de CartaCapital na cidade de origem do movimento, Vinhedo, cidade de 70 mil habitantes na região metropolitana de Campinas (SP), revela que no próprio quintal a turma do MBL não hesita em adotar as velhas práticas criticadas nas manifestações “contra a corrupção”https://www.cartacapital.com.br/blogs/direto-de-sao-paulo/mbl-herois-com-pes-de-barro
3. MILGRAM, Stanley. Obediência e autoridade. "Stanley Milgram foi um psicólogo graduado da Universidade de Yale que conduziu a experiência dos pequenos mundos e a Experiência de Milgram sobre a obediência à autoridade"  Sobre o assunto assistir  "O filme Experimenter, de 2015, escrito e dirigido por Michael Almereyda, retrata a vida do psicólogo social norte-americano Stanley Milgram, famoso pelo experimento que leva seu nome. Peter Sarsgaard interpreta o pesquisador." https://www.cartacapital.com.br/revista/895/a-licao-de-stanley-milgram

sexta-feira, 14 de julho de 2017

BRAZIL POLITICAMENTE CORRETO: ESCOLHA A VISÃO POSITIVA DA POLÍTICA E POLÍTICOS.

BRAZIL: PREFEITO QUE NÃO É POLÍTICO?



https://youtu.be/dfDDfEtH2q4. Máfia...atleticana?
Marina da Silva

O Brasil possui 5570 municípios e nas últimas eleições para vereadores e prefeitos, muitos candidatos fizeram seu marketing político negando ser político ou pelo menos não ser O político tradicional muito conhecido do povo brasileiro. O político das promessas; aqueles políticos que compram votos com dentaduras, telhas, sacos de cimento, cesta básica; os políticos corruptos que roubam, mas faz como afirmava Paulo Maluf; político que só rouba; político que não tem nenhum compromisso com a população que o elegeu! Estamos repletos de políticos tradicionalmente corruptos, ladrões dos cofres públicos e neste século XXI o banditismo na política virou a regra da Nação! Vivemos grave crise de legalidade e constitucionalidade desde a deposição da presidenta Dilma Rousseff reeleita para o mandato 2015-2018.
Alexandre Kalil se elegeu prefeito de Belo Horizonte, uma das metrópoles mais ricas do país, capital de um dos mais ricos estados brasileiros, Minas Gerais ,pregando o que é impossível e anticonstitucional: "EU NÃO QUERO SER POLÍTICO, QUERO SER PREFEITO!" 
É impossível ser prefeito sem ser político e não cair na bizarrice ou ofender a inteligência dos eleitores! O que está por trás desta afirmação de muitos candidatos É UMA GRANDE MENTIRA!
Logo, Kalil mentiu e pior, é um político mentiroso que na política se alia com políticos corruptos, mentirosos e do time adversário!
www.google.com.br/images. Comissão de frente: senador  Zezé Perrela (cartola do Cruzeiro, investigado por corrupção),  senador Aécio Neves (corrupto, envolvido com crimes da Lava jato),  prefeito Kalil (cartola do Galo) e Eduardo Azeredo (crimes do mensalão mineiro).


Política é a arte de administrar e criar "verdades" ou discursos para justificar a dominação de grupos que controlam e se apossam das riquezas e do poder. Poder é dinheiro - dinheiro é poder! Muito dinheiro é igual muito poder para governar, administrar, roubar dinheiro dos cofres públicos (veja casos da operação Lava Jato) e controlar o povo! É através do "estado" (prefeitos, vereadores, deputados estaduais e federais, governadores, senadores, presidentes) que os políticos exercem o poder. O estado é um mal necessário, um Leviatã [demônio poderoso] nas palavras de Thomas Hobbes, para manter o status quo (corrupção, concentração de riquezas) através da estabilidade do corpo político (políticos presos à grupos dominantes) e corpo social (população).
www.google.com.br/images. Precisa-se de bom administrador, honesto, ético, moral, trabalhador e responsável com os habitantes da cidade que o elegeu! Simples assim.


Realmente não precisa ser gênio para ser prefeito ou ocupar qualquer altíssimo cargo público no EXECUTIVO, LEGISLATIVO E JUDICIÁRIO! Precisa ter dinheiro ou aliar-se com quem tem dinheiro e o poder do dinheiro; se o candidato tem dinheiro próprio ou não (muitos são comprados por grandes empreiteiras, banqueiros, ruralistas, igrejas, narcotráfico) suas chances de ter uma "vaga ou cadeira" no poder público são altíssimas e para este objetivo os candidatos fazem de tudo, os fins justificam os meios: usam mentiras, falácias, grosserias, crimes de ódio, intolerância, racismo, homofobia, misoginia assassinatos, corrupção, recebimento e cobrança de propinas, etc. 
Um exemplo fora do Brasil: Dolnad Trump, um político bilionário poderoso, mentiroso, racista, misógino e exemplo para candidatos às eleições presidenciais 2018, caso ocorram, como Dória (prefeito de São Paulo); Jair Bolsonaro (deputado federal); Luciano Huck (showman com amigos poderosos envolvidos nos crimes de corrupção como Aécio Neves, Sérgio Cabral) que disputam entre si qual  é o Trump brasileiro. Deploráveis!
A doutrina política deste tipo de político tem sua fonte em Maquiavel (1469-1527): os fins justificam os meios ou "fazer o mal para fazer o bem"; um doutrinamento apropriado do século XVI e que justificou atrocidades nos autoritarismos ideológicos e imperialistas de Hitler, Stalin, Mao Zedong, Nixon e nas ditaduras militares da América Latina, a título de exemplos.

Resultado de imagem para aristóteles animal politico
www.google.com.br/images. Pensamento de Aristóteles.

Se a política faz mesmo parte do "ser" humano, da natureza humana, qualquer candidato que se elege contrariando esta herança ontológica-histórica-filosófica do processo civilizatório só o pode fazer através de mentiras, mau-caratismo, oportunismo político.
Usar a visão ontológica negativa da política, isto é, crer que a política é uma coisa ruim e que todos os políticos são corruptos é fazer política e vem sendo usada desde a invenção da política pelos gregos! E isto porque  quem governa, administra e faz a política tal como a conhecemos são - tanto no mundo antigo como no feudalismo, na idade moderna e atualmente - os donos das riquezas, do dinheiro! 
Claro que existe o lado bom da política, administradores bons, corretos e o maior exemplo brasileiro de como administrar, representar os interesses da sociedade que o elegeu vem de Graciliano Ramos. Seus relatórios tornaram-se peças históricas e nada impede que sejam seguidos, tomados como exemplo. É a escolha que diferencia os políticos corretos daqueles que se auto vangloriam em ser politicamente incorretos, isto é, corruptos e ladrões dos bens e riquezas públicas.
Os cidadãos e cidadãs de uma cidade, estado, nação emprestam suas forças sociais em prol de todos, da administração justa e correta e esta força é apropriada e transformada em força política e usada, na maioria das vezes contra o próprio povo! 
Resultado de imagem para Moreira franco e doria
www.google.com.br/images. Dória e Moreira Franco. "Um dos braços direitos de Michel Temer nas mudanças econômicas do Brasil, sobretudo as privatizações e pacote de concessões, Moreira Franco voltou para a mira da Operação Lava Jato, após executivo da Odebrecht delatar que o atual comandante do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) recebeu R$ 3 milhões em propina em 2014. Em nota oficial, Moreira Franco nega a acusação, classificando-a como "mentira afrontosa"."




Ao longo da História do Estado Moderno o que vemos é a criação de paisagens de medo, terror, intolerâncias, raiva, ódio, mentiras, rancor, assassinatos nas disputas para chegar ao poder. No Brasil sempre que podem, as disputas entre oligarquias coronelistas fazem uso das forças armadas para se manter/revesar no governo. Nossa ligação com liberdade e democracia é fragilíssima e em períodos de "risco geopolítico e geoeconômico" entre as potências mundiais como ocorre atualmente [somos quintal, colônia e aliados do governo norte-americano] há toda uma geoestratégia, midiatização e manipulação propagandística clamando pela "ordem e progresso". Um exemplo histórico da Guerra fria foi o financiamento pelos Estados Unidos de golpes de estado e ditadoras militares em toda América Latina contra a ameaça comunista!
A deposição da presidenta eleita Dilma Rousseff tem pouquíssimo a ver com os programas sociais do governo Lula, das pedaladas fiscais ou a parca distribuição de renda para os milhões de pobres e miseráveis brasileiros via Bolsa-família. 
O que estava/está em jogo é a dominação geoestratégica e geopolítica dos megas campos petrolíferos e de gás natural do Pré-sal que vieram a público em 2007. O que poderia tornar o Brasil uma potência regional também o tornaria "a eterna promessa" nas manipulações do xadrez geopolítico mundial conduzidos pelas investigações dos crimes de corrupção da Operação Lava jato que vieram a público em março de 2014. Tudo foi conduzido para destruir o governo do PT d petistas!

"Eu crio o desemprego", foi uma bravata do presidente golpista Michel Temer, no encontro G20 2017 na Alemanha. Embora tratada como um erro gramatical, criar desemprego foi uma ação política planejada para desestabilizar o governo Dilma Rousseff desde 2010, empobrecendo a população, jogando o país numa grave crise tanto econômica como política, especialmente a partir da reeleição de Dilma e serviu para destituir a presidenta constitucionalmente eleita para dois mandatos: 2011-2014; 2015-2018 e impor as "reformas" trabalhista, previdenciária, lei da Terceirização e congelamento de gastos públicos sociais por 20 anos. O Brasil sofreu um golpe de Estado e um governo de bandidos, criminosos, corruptos apossou-se da nação. Todos os poderes estão altamente harmônicos e imiscuídos em crimes de corrupção.




Temer é denunciado por corrupção e se torna primeiro presidente a responder por crime durante mandato. Rodrigo Janot acusa Temer de atuar em conluio com Rodrigo Loures em crimes relatados pela JBS"https://brasil.elpais.com/brasil/2017/06/26/politica


Quando Alexandre Kalil diz "EU NÃO QUERO SER POLÍTICO QUERO SER PREFEITO" ele está apenas usando um estratagema político de marqueteiro especialista em analisar o ICP- índice de confiança nos políticos e política [no Brasil beira a zero] e criar um vocabulário próprio para o candidato, cartola de futebol e um nome aparentemente fora dos círculos políticos. O mesmo ocorreu em São Paulo com Dória que sempre teve estreitas relações com Moreira Franco, ministro de Michel Temer,corrupto denunciado na Operação Lava jato.




Resultado de imagem para kalil eu não quero ser prefeito
www.google.com.br/images. Parece brincadeira, mas quem elegeu Kalil foram os torcedores do Atlético e do Cruzeiro. A disputa no segundo turno foi entre o goleiro do Atlético e o presidente do Atlético! País do futebol...

Beagá vem padecendo com  a péssima administração do governo Márcio Lacerda [2009-2016] precisa se recuperar, descobrir seu valor, sua riqueza e beleza para exigir boa administração da cidade, não como uma empresa de quinta categoria a serviço de interesses escusos como nos casos da duplicação da Avenida Antônio Carlos, Cristiano Machado; renovação do Mineirão e o sistema de transporte público BRT, obras suspeitas de malversação do dinheiro público!

O que existe tem qualidade baixa, baixíssima, questionável: por exemplo o serviço de limpeza urbana a cargo de três empresas terceirizadas e que recebem fortunas para manter a cidade suja, sem capina, jardinagem, podas, etc. O que já deveria estar acontecendo desde o primeiro dia do governo Kalil que prometeu não fazer nada, não fazer promessas, apenas colocar para funcionar o que já existe!  
Estamos nos meses secos: Abril a Agosto. Hora de capinar, podar, jardinar, cuidar de praças, jardins, parques, DESENTUPIR os bueiros, rios, córregos, riachos para evitar as desgraças das enchentes que só servem para desviar o dinheiro público sobre mortes e prejuízos para o povo de BH.
Transporte público: a farsa BRT com passagens caras e ônibus velhos, muito velhos, caindo aos pedaços. Se há ônibus deste século XXI são poucos e sobra suspeita de negociatas entre os políticos e os empresários de transporte!

Resultado de imagem para bh enchentes
www.goolge.com.br/images. Aécio Neves, governador duas vezes de MG;  Lacerda, prefeito duas vezes de BH contabilizando prejuízos das enchentes e decidindo quanto desviar dos cofres públicos e manter a população no mesmo risco ano após ano!



Um prefeito e meros vereadores não podem ser superiores a nós cidadãos e cidadãs de Belo Horizonte e dos 5569 municípios brasileiros, assim como não devemos nos deixar enganar por meras e caríssimas e suspeitas propagandas para não lidar com a realidade do lixo, da população de rua, da violência contra nossos jovens,  contra moradores de favelas. E ainda gastos com propagandas inócuas contra doenças como Dengue, Zica, Chicungunha! 
Os problemas da cidade não podem ser tratados como caso de polícia: morte aos pobres, traficantes, viciados, favelados, moradores de rua! O problema da educação não é "terceirizar" trabalhadores via "designação", um insulto à CF/88. O problema da Saúde não é gravar desabafos na mídia e incitar a violência e assassinatos dos trabalhadores da saúde! 

Os problemas da violência não é substituir a tinta vermelha do jornalismo 0,25 centavos pelo sangue de jovens assassinados todos os dias na cidade! O problema do crack não é prender ou internar os viciados, é tratar como uma questão de saúde pública, não criminalizando os usuários e justificando mais violência. O problema dos moradores de rua não pode ser tratado tomando seus pertences ou colocando fogo em suas "casas"! Gente não é lixo, eles não são lixo de gente, lixo é riqueza, sobrevivência, cidadania! Não basta cantar de Galo e dizer que Beagá agora é  "terreiro" alvinegro.

Cabe agora ao prefeito que não quer ser político tradicional, o mau político desmentir a própria mentira administrando e governando, não para os que mais necessitam (grandes empresários do ferro e aço e concreto; comerciantes, especuladores, FIEMG, banqueiros, etc) e sim para cerca de 2.500 milhões de belo horizontinos! E nós podemos ajudar a administrar a cidade! Cultura, lazer, diversão, arte, comida, moradia, escolas, transporte público eficiente e humano, segurança pública, limpeza urbana, etc. Faça funcionar prefeito!

O poder da corrupção, da desadministração, da canalhice, dos maus políticos podem ser minados com o poder de ESCOLHA políticos honestos, bons administradores! É o mesmo que achar agulha num paiol? Vamos separar o joio do trigo!Frases pessimistas, maldosas, mentirosas, traiçoeiras repetidas milhões de vezes ao dia todos os dias nos enfraquece: "Cada povo tem o governo que merece; Foi o povo que escolheu o corrupto, Todo político é corrupto, sempre foi e será assim..."! ESCOLHA NOVAS FALAS!
Cidadania é resistência às mentiras, é exercício de inteligência fazendo uso de todo o potencial da internet; é filmar, fotografar, denunciar, jogar na rede o que está errado e cobrar e fiscalizar os políticos eleitos! Chega de abuso do poder! Cidadania vai muito além do que apertar BOTÃO CONFIRMA os políticos de sempre! 
VIVEMOS O MUNDO DA TECNOLOGIA E ERA INFORMACIONAL: vamos usar as redes sociais, formar correntes de resistência à banalização da corrupção e roubalheira! Não aceite discurso politicamente incorreto, pois é mais uma estratégia para manter tudo como sempre esteve desempoderando o voto dos eleitores E PIOR dividindo a população em ricos X pobres, brancos X negros; mulheres X homens; heteros X LGBTRAN; coxinhas X mortadelas e outras idiotices que quebram a nossa força quando somos muitos mais fortes juntos!
Nos crimes da Lava jato 28 legendas foram denunciadas e à época, 2014, praticamente todas as legendas existentes.
Vote na pessoa, no candidato; conheça o candidato(a) em buscas no Google; nos sites do Ministério Público, Tribunal Regional Eleitoral. Afaste de si velhos hábitos de eleitor: votar em qualquer um porque é obrigatório! Votar em corrupto porque todos são corruptos e chegam lá e viram corruptos.
Aposte no lado POSITIVO DA POLÍTICA, DO POLÍTICO HONESTO, ESCOLHA MAIS MULHERES, PESSOAS CONHECIDAS DAS COMUNIDADES. Pode ser que depois deste golpe nos tirem até o direito de VOTAR!