Postagens populares

Pesquisar este blog

domingo, 28 de maio de 2017

BRAZIL. BELO HORIZONTE SUJA, DESCUIDADA, DESADMINISTRADA

BELO HORIZONTE DE CIDADE JARDIM A CIDADE DESADMINISTRADA, AMARELA!

Resultado de imagem para bh antigamente
www.google.com.br/images.  Avenida Afonso Pena. Beagá 1930.

Marina da Silva

Minha alma nasceu aqui antes mesmo de saber diferenciar o que era um bairro, cidade, metrópole! Cidade jardim, cidade de poetas, escritores, jornalistas, dos políticos de peso e influência no cenário nacional! Não tem como não amar Beagá, um apelido carinhoso da capital do estado de Minas Gerais também conhecida como Belô, Beozonti, Berizonti no dialeto mineirês! Cidade serrana, clima ameno, muito verde nas ruas, praças, parques, cantada e contada em versos e prosa! Era a Belo Horizonte dos meus sonhos que nascia a cada visita de minha mãe à capital, quase sempre por motivos de saúde ou casamento. O lixo de Belô a impressionava: coisas novinhas! Era um lixo rico.
29013
http://www.otempo.com.br/galeria-de-fotos/Avenida Afonso Pena, 1960. Avenida Afonso Pena.

Como demais metrópoles a partir dos anos Cinquenta a Setenta Beagá passa por processo de urbanização e crescimento populacional acelerado  e desordenado sem a preocupação dos administradores em dotar a cidade para a nova era que se iniciava no país a partir da industrialização que tem seus primórdios com Getúlio Vargas a partir dos anos Trinta. Belo Horizonte não é uma cidade industrial, foi criada numa prancheta para ser uma cidade administrativa, a nova capital do Estado; a urbanização e crescimento populacional acelerado se dará a partir dos anos Quarenta e a criação da cidade industrial no município vizinho: Contagem.
Resultado de imagem para Belo horizonte avenida Afonso Pena anos 70

www.google.com.br/images. 1970. Avenida Afonso Pena.

Cresci e mudei para Beozonti num momento conturbado politicamente entre a ditadura agonizante e os anseios pela democracia: DIRETAS JÁ!
Belo Horizonte padecia nos anos Oitenta do século XX de todos os males das grandes cidades e metrópoles: pobreza, miséria, violência urbana ligada à expansão do narcotráfico, trânsito caótico, sistema de transporte, saúde, educação, moradia, segurança pública, etc, precários e muita corrupção em todos os poderes, destaque para Legislativo e Executivo.
Resultado de imagem para Belo horizonte evolução do crescimento da população
www.google.com.br/images. Evolução do crescimento populacional de Belo Horizonte - 1900-2010. Atualmente tem uma população de 2.513.451 habitantes.

Mas Beagá era uma cidade limpa! O Serviço de limpeza urbana funcionava, víamos lixeiros nas ruas o dia inteiro, as ruas centrais eram varridas mais de 10 vezes por dia, diziam na mídia!  Fazíamos amizade com os trabalhadores, ajudávamos na caixinha de Natal, presenteava-se as "formiguinhas" com cestas básicas e de Natal! 
"Diga quem é que mora perto de você e todo dia você vê" - cantavam os personagens de Vila Sésamo - e o lixeiro era um dos profissionais que "morava" perto de nós e todos os dias os víamos!

Fotos Marina da Silva. 

Se Beagá vem passando por um processo acelerado de crescimento populacional desde seu nascimento 12 de Dezembro de 1897, todas as estruturas urbanas para uma vida "funcional" deveriam acompanhar este processo! Aumento da população, aumenta a demanda por escolas, hospitais, saneamento básico, moradia, transporte público de qualidade, segurança pública, assistência aos moradores em áreas de risco...NÃO FOI O QUE ACONTECEU! Aumentou sim, as calamidades a cada período de chuvas, aumentou a violência contra os moradores das favelas, aumentou o descaso com o povo e o patrimônio público e aumentou estratosfericamente a CORRUPÇÃO!
Foto Marina da Silva. Complexo de favelas Cachoeirinha.Vista pela Avenida Antônio Carlos.2014.


Nos anos Noventa Beagá teve ótimos prefeitos e as melhores administrações voltadas para "arroz, feijão, saúde, educação"  e "cultura e arte"! Dois nomes se destacaram: Patrus Ananias(1993-1997) e Célio de Castro (1997-2001), o doutor Beagá! Mas Beagá, a cidade dos botecos, bares e restaurantes, da diversão e diversidade cultural caiu nas mãos de políticas neoliberais, uma dominância na administração do Estado e sintetizada nas palavras dos desadministradores: estado-empresa, cidade-empresa, metas, choques de gestão, estado necessário, fazer mais com o mínimo! 
Foto Marina da Silva. Governadores Aécio Neves (2003-2010), Anastasia(2011-2014) e o prefeito de BH e ex-secretário estadual de desenvolvimento econômico Márcio Lacerda (2009-2016). Discurso do estado necessário e denúncias de corrupção e malversação do Erário. Atualmente Aécio Neves enfrenta acusações graves na operação Lava jato por corrupção, recebimento de propina e outras canalhices. O mesmo para Anastasia e Marcio Lacerda citados em delações.


Como é possível transformar uma cidade com tanto potencial em uma empresa de quinta categoria, terceirizando todos os serviços públicos essenciais (subcontratação, "designação", terceirização) para empresas de políticos, de banqueiros, empreiteiras citadas na Lava jato? Tudo o que é público pode e deve ser privatizado - este foi o lema neoliberal copiado dos britânicos Tatcher e Tony Blair. Privatizações e sub-investimento em saúde, educação, segurança pública (Belô possui polícia civil, polícia militar, guarda metropolitana, guarda municipal), transporte público, moradia, saneamento básico e desvio do dinheiro público em superfaturamento de obras públicas meia-boca, muitas deixadas inacabadas, outras inúteis como "grande quantidade de viadutos" em menos de 4 km da avenida Antônio Carlos. Todos os fatos que relato rapidamente estão ainda sendo apurados desde março de 2014 pela Operação Lava jato da PF-Polícia Federal e que depois de 3 anos de investigação começa a prender e indiciar os políticos corruptos de Minas Gerais e Belo Horizonte.
Foto Marina da Silva. Revista Encontro. Ex- secretário estadual do desenvolvimento econômico e ex-prefeito  de BH Márcio Lacerda cujo pensamento sobre os cidadãos e cidadãs belohorizontinos é: "Devia ter sido mais babá do povo".


MAS POR QUE BEAGÁ PARECE UM LIXÃO A CÉU ABERTO?

 Resposta pronta e rápida na mídia: a culpa é do povo! Quem mora aqui não tem educação, joga lixo nas ruas o tempo inteiro! "Cidade limpa não é a que mais se varre e sim a que menos se suja"; "Jogue limpo com BH"! Culpa transferida 100% para a população e vamos vivendo pisando em lixo e gente! Gente que vive do lixo, gente que não vale o lixo e lixo que vira ouro, mas nunca para os catadores! Viver, reproduzir e retirar o sustento no lixo, está é a vida para milhares de pessoas em Belo Horizonte!
Foto Marina da Silva. Avenida do Contorno. Rio Arrudas, trecho que deveria estar coberto, mas é um esgoto a céu aberto e depósito de lixo. O lixo que se vê na foto, na verdade é fonte de subsistência e cidadania para milhares de moradores de rua, pessoas vivendo em situação de rua, catadores e pessoas viciadas em craque.


POR QUE TEMOS TANTOS MORADORES DE RUA E PESSOAS EM SITUAÇÃO DE RUA? QUEM SÃO? QUANTOS SÃO? DE ONDE VIERAM?

Resposta pronta e rápida na mídia: a culpa é do povo! O povo joga o lixo nas ruas, os miseráveis vivem da cata de lixo reciclável! Se o povo   de  Belo Horizonte não jogar lixo nas ruas mata-se dois coelhos, ops, dois problemas graves: coleta de lixo e miseráveis vivendo do lixo jogado nas ruas!
Fotos Marina da Silva. BH desadministrada!

POR QUE ESTA IMPOTÊNCIA, CIDADANIA ANÊMICA, AMARELA QUE ACEITA PROSTRADA A ADMINISTRAÇÃO MEIA-BOCA DE BH, UMA DAS METRÓPOLES MAIS RICAS DO BRASIL E SEUS GASTOS DISPENDIOSOS DO DINHEIRO PÚBLICO COMO POR EXEMPLO, MAIO AMARELO 2017, UMA RELES CAMPANHA DE TRÂNSITO ENQUANTO O HOSPITAL DA SANTA CASA FECHA 400 LEITOS E PEDE SOCORRO? 
POR QUE ACEITAR QUE A SUJEIRA DA CIDADE É CULPA DA POPULAÇÃO E NÃO DO SERVIÇO DE QUINTA CATEGORIA PRESTADO PELAS EMPRESAS VIA SOLO, KTM E CONSITA?
AFINAL: QUEM É RESPONSÁVEL PELA LIMPEZA URBANA, PELA CAPINA, COLETA DE LIXO, VARRIÇÃO, PODA, LIMPEZA DE RIOS, RIACHOS, LAGOAS, BUEIROS DA CIDADE? QUANTO SE PAGA PARA MANTER A CIDADE SUJA, IMUNDA, MIJADA, CAGADA?

***************************************************************
"Belo Horizonte já registra em 2017 aproximadamente 1,4 mil casos notificados da dengue. Desse total, 27 foram confirmados para a doença. Os dados foram divulgados nesta sexta-feira pela Secretaria Municipal de Saúde (SMSA). O total de registros confirmados é 145% maior que os valores do último levantamento da pasta, divulgados em 27 de janeiro. Na ocasião, 917 casos tinham sido notificados e 11 confirmados."http://www.em.com.br/app/noticia/gerais/2017/02/03/

"A chikungunya é uma das doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti. Entre os sintomas estão febre, dores de cabeça, dores fortes nas articulações (que podem durar até seis meses), erupções na pele e enjoos. (...) Em Belo Horizonte, há 12 casos confirmados da enfermidade, segundo a Secretaria Municipal de Saúde, superando os registros de 2015 (10) e 2014 (2). Ano passado, a febre infectou 49 pessoas."http://www.em.com.br/app/noticia/gerais/2017/03/24/interna_gerais,856845/casos-de-chikungunya-em-mg-de-2017-superam-em-oito-vezes-2016.shtml

"Número de moradores de rua cresce 70% em BH em dois anos: pelo menos 3 mil vivem sem teto fixo"http://hojeemdia.com.br/horizontes/n%C3%BAmero-de-moradores-de-rua-cresce-70-em-bh-em-dois-anos-pelo-menos-3-mil-vivem-sem-teto-fixo-1.445437

"Moradores de rua pedem trégua à PBH no frio para manter cobertores

Entidades de proteção denunciam que equipes de abordagem estão fazendo remoções que expõem população aos males das baixas temperaturas"http://www.em.com.br/app/noticia/gerais/2016/06/17/interna_gerais,773594/moradores-de-rua-pedem-tregua-a-pbh-no-frio-para-manter-cobertores.shtml


"Prefeitura de BH espera que metade da população pare de deixar lixo na porta de casa em 20 anos

Expectativa da administração municipal é que 50% dos moradores usem contêineres nos bairros em duas décadas. Coleta seletiva em toda a cidade também está prevista apenas para 2036".http://www.em.com.br/app/noticia/gerais/2017/03/31/interna_gerais,858606/pbh-espera-que-metade-de-bh-pare-de-deixar-lixo-na-porta-em-20-anos.shtml