Postagens populares

Pesquisar este blog

segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

BRAZIL, ESTADOS UNIDOS, EUROPA: COXINHAS E A CONTRA-REVOLUÇÃO AO WELFARE STATE

COXINHAS: CLASSE UNIVERSAL, NEOLIBERAL E A SERVIÇO DO CAPITAL
Resultado de imagem para defensores de marine le pen
www.google.com.br/images. Discurso de ódio, discurso politicamente incorreto, defesa do indefensável: expulsão ou morte de imigrantes e cidadãos de segunda classe. Donald Trump atacou os imigrantes em geral, os latinos, especialmente os mexicanos e os muçulmanos; prometeu acabar com as tentativas de Obama de regulação das orgias financistas e o uso do Estado para pagar a conta e expropriar e penalizar os norte-americanos. Usou e abusou dos chavões: parasitismo social e populismo social, apelou para o patriotismo, para o Exército e grandeza dos americanos. Usou de mentiras e falácias espalhando intolerância e ódio nas redes sociais e recebeu ajuda dos republicanos e de hacker russos para desmoralizar a democrata Hillary Clitnton e inverter o resultado das eleições. O mesmo discurso usado no golpe de Estado no Brasil para destruir Lula, Dilma e o governo democrático petista que fez opção pelos mais pobres e miseráveis (2003- golpe 2016).Inglaterra: o ódio e intolerância aos imigrantes e mulçumanos levou ao Brexit,  saída do Reino Unido da União Européia. E mais ódio  já está sendo  apropriado e difundindo para as eleições 2017 na União Europeia: França, Alemanha, Itália, Holanda, etc!


Marina da Silva

Engana-se quem pensa que a classe Coxinha surgiu no Brasil e "do meio do nada".  E certamente estará mais perdido e confuso se procurar os Coxinhas na clássica história da luta de classes vislumbrada, delineada, desvelada e dissecada por pensadores dos séculos XVIII-XIX como Adam Smith, Ricardo, Stuart Mill,  Max Weber (1864-1920) e Aquele-que-não-deve-ser-nomeado: Karl Marx! Você pensou em Voldemort? Pena!
Outro erro bizarro é procurar a gênese dos Coxinhas em resquícios desde Paleolítico  Jurassic Park como fazem muitos com o "comunismo" e mais tosco ainda será delimitar a geografia sócio-econômica-política-cultural-etc destes indivíduos unicamente na chamada Classe Média! A classe Coxinha tem data de nascimento, identidade, CPF e endereço na Europa. Inexistentes à época de Maquiavel (1469-1527), Thomas Hobbes (1588-1679), Voltaire (1694-1778), período identificado por Marx (1818-1883) como fase de acumulação primitiva de capitais.1
A acumulação original do capital no fim da época medieval na Europa - diz D. Harvey - se fundamentou em violência, depredação, furto, fraude e roubo. Por estes meios extra-legais, piratas, padres e comerciantes, complementados pelos usurários, reuniram "poder de dinheiro" inicial suficiente para começar a circular o dinheiro de forma sistemática sob a forma de capital. O roubo espanhol de ouro incaico foi o exemplo paradigmático."2

A origem do capitalismo é assim definida por Marx:  "A ordem econômica capitalista saiu das entranhas da ordem econômica feudal. A dissolução de uma produziu os elementos constitutivos da outra." E a luta de classes, ironiza o autor parafraseando o mito do pecado original:(...)teria havido outrora...uma época em que a sociedade se dividia em dois campos: acolá pessoas de elite, laboriosas, inteligente e, sobretudo, dotadas de aptidões administrativas; aqui uma porção de  folgazões, divertindo-se de manhã à noite e da noite ao dia seguinte, naturalmente, aqueles acumularam tesouros sobre tesouros, enquanto estes encontravam-se em breve desprovidos de tudo. (A origem...p.12)
Resultado de imagem para exploração mão de obra no capitalismo
www.google.com.br/images. Qualquer semelhança com a atualidade é apenas neoliberalismo e retorno às práticas abjetas do início do capitalismo selvagem séculos XVIII-XIX).

E o paraíso se fez na Terra para os expropriadores e exploradores e donos dos meios de produção, da riqueza produzida, do poder econômico-político-social, os capitalistas; e o inferno também veio junto para a imensa massa destituída de tudo, donos unicamente de sua força de trabalho para vender aos capitalistas e garantir a sobrevivência e de sua prole (filhos e filhas) daí o nome proletariados! E assim se fez "a família, a propriedade privada e o Estado" e o patriarcalismo e a subsunção da existência das mulheres em nome do Pai, do Filho, do Espírito Santo,   do Estado, irmãos, tios, tutores e maridos! Amem!
Este texto parece uma aula de Geografia e História e é, exatamente porque a maior deficiência da classe Coxinha mundial, principalmente no "primeiro-mundo" é a total ignorância preguiçosa - nesta Era informacional -  da História e Geografia mundial e principalmente dos seus próprios países. Uma deficiência lamentável, mas crucial porque a melhor forma de entender a "cabeça Coxinha" é identificar na História e Geografia quais os mitos, crenças, valores morais e éticos, culturais e folclóricos  que defendem como seus e que na verdade apenas fundamentam, justificam e dão legalidade aos interesses dominantes e sempre alheios aos  próprios interesses  e até mesmo prejudiciais à classe Coxinha. É uma ignorância produzida e manipulada conscientemente por aqueles que detem o poder econômico-social-político, e querem continuar no poder. Diria-se uma parvoíce salutar à burguesia e sua dominação, principalmente a partir do advento da indústria moderna (final do século XIX).
É o que afirma Paul Kennedy em Preparando para o Século XXI sobre O dilema Americano3. Para o autor os EUA tem uma grave falha no sistema de Ensino, pois:
(...) embora "gastem grandes somas com a educação como um todo, a margem desproporcional de 40% vai para  a educação superior (o que talvez explique porque as universidades americanas tem  alto desempenho, pelos padrões internacionais), ao passo que a parcela destinada a outros níveis de educação é inferior a de outros países. Em testes padronizados aplicados a alunos do sétimo grau em 17 países, os estudantes americanos ficaram atrás dos japoneses, sul-coreanos e de todos os países da Europa Ocidental (anos 1990's)- e continua o P. Kennedy - Estudos sobre o conhecimento básico de História(...) revelaram grande ignorância (por exemplo do que significa A Reforma), obscurecido apenas pela sua ignorância em Geografia."

Não saber localizar o próprio país no Atlas, e apoiar envio de tropas para guerras, principalmente no Golfo Pérsico ignorando onde, por que e até mesmo o que seja Golfo e Pérsico (Governos Bushes, pai 1989-1993 e filho 2001-2009) não é privilégio dos norte-americanos; é uma carência mundial acima e abaixo da linha do Equador, Brasil incluso!
A classe Coxinha, ainda imberbe, só começará a delinear e mostrar sua "razão de ser", a defesa do indefensável, a partir do estabelecimento definitivo e incontestável do charme,  virtude e dignidade da burguesia e claro, da expansão e imperialismo global da ordem laissez faire, laissez-passer; que se traduz na liberdade econômica incondicional, sem qualquer interferência do Estado regulando as atividades de produção, exploração e expropriação dos recursos naturais, dos meios de produção, da extração de mais-valia absoluta (lucro) sobre os trabalhadores em relações e condições de trabalho cada vez mais desumanas, insalubres, aviltantes e terrificantes
As crenças Coxinhas vão desde a inferioridade e culpabilidade feminina pela desgraça do mundo (textos filosóficos, históricos, literários, científicos e religiosos como Bíblia cristã e Alcorão); a inumanidade e inferioridade da população negra da África (bula papal  Dum Diversas (1452) que  para muitos justificou a escravidão negra no colonialismo europeu - Espanha, Portugal4 - a partir da revolução comercial e marítima; passando para superioridade racial branca (teses que" justificaram o nazismo hitlerista); a banalização e perpetuação como "cultura natural e divina" de todos os crimes de violências, estupros e assassinatos de mulheres, pobres, negros, imigrantes; chegando a perseguição aos judeus e descambando na intolerância à diversidade geral e étnica em particular e a justificativa de muitas outras crenças e mitos que justificaram e justificam  atrocidades contra minorias no mundo. 
coxinha-revoltado
http://consciencia.blog.br/2015/02/40-perolas-pseudopolitizadoras-da-pagina-revoltados-online. Parece aquele salgadinho de festa, mas é um Coxinha pronto para manifestações a favor de corruptos!

O maior medo Coxinha na atualidade é do Comunismo o que justifica seu posicionamento apático aos ataques à Liberdade, Democracia, Fraternidade, Diplomacia, Solidariedade, respeito à soberania dos e entre os povos e até defesa de autoritarismo, ditaduras, golpes militares, assassinatos de pobres, mulheres, negros, homofobia, matanças nas cadeias brasileiras, invasões e guerras injustificáveis como atualmente sofrem os sírios. 
Mas o que é mesmo comunismo para os  Coxinhas? Como se manifestou na realidade, por exemplo em Cuba, no leste europeu, na Ásia e principalmente na URSS- União das Repúblicas Socialistas Soviéticas e China? Ideologia e prática comunista são uma única e mesma coisa?  A poderosa China, segunda potência capitalista do século XXI é verdadeiramente comunista? Os comunistas são vermelhos, usam foice, martelo e estrela e ainda comem criancinhas e padres? Coxinhas sabem  quem, como, quando, onde surgiram as ideias socialistas, comunistas? Coxinhas sabem o que significa socialismo utópico e comunismo real? E o que é a "guerra fria"?
Resultado de imagem para comunismo assusta coxinhas
www.google.com.br/images. DISCURSO DE ÓDIO.  Momento Coxinhas salvando o Brazil dos comunistas Lula, Dilma, PT e número 13, estrela e cor vermelha em Brasília. Encontro sinobrasileiro(japão e Brasil): Coxinha confunde e aponta  bandeira do Japão no Congresso Nacional como prova inquestionável de que o COMUNISMO tomou o Brasil!

Pobres Coxinhas! Não sabem os imbecis que comunismo hodiernamente é uma arma ideológica que justifica  exploração e expropriação de povos, ditaduras cruéis e sanguinárias;  é a poderosa arma geoestratégica e geopolítica usada pelos capitalistas ultra neoliberais contra a possibilidade de ascensão do estatismo, do poder de regulação dos mercados, controle e restrição à ganância gerada entre "players" como George Soros, Madoff, Donald Trump, Nigel Farade, J. P. Lemann, citando alguns que se dão bem nas especulações financeiras que quebram empresas, famílias, economias nacionais inteiras no cassino em que se transformou o mundo financeiro!
Comunismo vem sendo usado para aterrorizar povos, por exemplo e refrescando a memória, acobertando os verdadeiros culpados pelas crises especulativas de 1986-87, 1996-97, a  crise 2008 que destruiu a economia dos EUA, União Europeia, países latinos como México e Argentina [menos o Brasil que ia  economicamente fortalecido no governo Lula]. E a falácia comunista serve para encobrir e esconder as jogatinas especulativas e a voracidade dos capitalistas atuais que na última grande crise em 2008, a crise "Subprime" com epicentro nos EUA  destruiu a economia e vida dos norte-americanos e de muitos países nos cinco continentes. O horror comunista dos Coxinhas, pasmem,  é acima de tudo contra o domínio, regulação e gerenciamento das atividades econômicas e ataques financeiros às nações pelo Estado contra a fúria e voracidade selvagem dos de especuladores ao sistema financeiro levando às crises, criando "bolhas" e perdas através de boatos e informações privilegiadas nas bolsas.

Resultado de imagem para occupy wall street
www.google.com.br/images.EUA: Crise especulativa imobiliária subprime  2008, EMPOBRECEU e DESEMPREGOU milhões de pessoas nos EUA, União Europeia e demais continentes. A reação veio dos Estados Unidos no movimento Occupy Wall Street denunciando o governo por salvar os 1% ricos e penalizar os 99% do povo norte americano. Este mesmo movimento eclodiu na União Europeia  em 2011 quando houve o espraiamento da crise e falência de nações como Grécia, Espanha, Portugal, Itália, Irlanda, os mais atingidos



Coxinhas acreditam  fervorosamente que os comunistas são vermelhos, ateus, marxistas, esquerdopatas, terroristas, comem criancinhas e tomam as propriedades e riquezas dos ricos para dá-las aos pobres e miseráveis! Inocência? Claro que não! É parvoíce, preguiça e comodismo intelectual, apego à vida espiritual pobre, ao life style material 1,99 $, fake, pirata, genérico e de necessidades materiais e principalmente intelectuais paupérrimas e abjetas! Necessário, somente o necessário e ordinário interessa e move a classe Coxinha; o difícil, a riqueza, principalmente do intelecto, o extraordinário para a sociabilidade humana, a reflexão, o enriquecimento espiritual são demais para tanto comodismo e nonsense! A classe Coxinha além da apatia e baixa formação e informação intelectual, cultural  age movida no oba-oba, por sentimentos de ódio e intolerância e fobia inoculados, no Brasil, pela Globo Hate machine e replicadoras Bandeirantes, SBT, Record, Rede TV. 

www.google.com.br/images. Coxinhas brasileiros contra a democracia, contra políticas públicas sociais voltadas para os mais pobres (mais de 150 milhões de brasileiros classes CDE, desempregados, miseráveis) que a máfia Globo, SBT, Record, Bandeirantes chamam de populismo econômico, parasitismo social e outras asneiras. Coxinhas deram voz e suporte ao Golpe de Estado a partir de março de 2015 seguindo a GLOBO HATE MACHINE ! Cientificamente especulado e exposto como a possibilidade de manipulação política em escala nunca vista e sem a menor possibilidade de controle imediato e simultâneo no compartilhamento de mentiras da Era Informacional por H. Kissinger em Ordem Mundial.

VemPraRua.Net e lá vão os Coxinhas obedientes vestindo a camisa da seleção de futebol, portando bandeira e comportando-se como gado, massa de manobra aos apelos divulgados na mídia oficial e por políticos/empresários espertalhões e canalhas  ligados aos 1% ricos, magnatas, e seus partidos, federações, associações, ong's, entidades filantrópicas  que usam e abusam, do discurso de ódio, mentiroso, falacioso e irresponsável nas redes sociais como Twitter, Facebook, What'sApp, Google, Youtube! Aconteceu no Brasil, aconteceu nos Estados Unidos nas eleições 2016 e acontecerá no resto do mundo, principalmente nas eleições 2017 nos países da União Europeia!
www.google.com.br/images. O repulsivo Nigel Farade (Reino Unido), atuou ao lado do repulsivo Donald Trump (EUA) e está agitando as nações da União Européia demonizando Angela Merkel e a poderosa Alemanha alimentando o "fascismo", ódio aos imigrantes em geral e aos sírios em particular para livrando banqueiros, corretoras, seguradoras e especuladores, os verdadeiros culpados pela crise financeira europeia e a quebra de países em 2011.

O que os Coxinhas defendem sem se dar conta é o fim da democracia, da liberdade, cidadania, do uso das redes sociais para difundir ódio, raiva, intolerância, mentiras, maledicências e a total ausência de regulação das atividades econômicas! E claro, o imperialismo das potências sobre os recursos naturais e riquezas dos povos considerados "terceiro- mundistas" como Brasil que possui uma arma mais poderosa que a bomba atômica, os mega campos de petróleo e gás natural da camada pré sal! Os coxinhas apoiam a especulação do capital financeiro em negociatas que levam e levaram o mundo às graves crises financeiras como a crise de 1929 nos Estados Unidos; às guerras e invasões de nações soberanas. O capital especulativo suplantou o capital investido na produção  e desde a década de 1980  vem gerando graves crises no sistema  e culminou com a crise subprime de 2008 que destruiu a economia EUA, espraiou para América Latina e Europa destruindo a vida e levando à pobreza, desemprego e miséria à milhões de seres humanos!

www.google.com.br/images. Volta às aulas Coxinhas!

É esta ignorância e insistência voluntária e consciente na imbecilidade da classe Coxinha a qualidade essencial para os ataques às economias perpetrados por aquele 1% que controla a riqueza mundial e detem e mantem o poder econômico-geopolítico e geoestratégico planetário! É o gosto por respostas prontas e a anemia política, humanística, humanitária que tem a classe Coxinha que tanto agrada os liberais ou atualmente os neoliberais e ultra liberais! 
Os grandes culpados por todas as desgraças e crises econômicas, principalmente a partir de 2008 SÃO os especuladores financeiros nas bolsas de valores! Mas como os Coxinhas não entendem de nada e menos ainda de economia e geopolítica e geoestratégia do capital global, são facilmente CONVENCIDOS que a culpa é dos imigrantes legais e/ou ilegais; dos homossexuais, das mulheres que tomaram os empregos dos homens; dos judeus, dos negros, dos muçulmanos, dos pobres, dos favelados, dos comunistas, dos anti-patriotas, anti-nacionalistas, dos cidadãos de segunda classe; dos blocos econômicos que se aliaram para competir pelo mercado, dos africanos e sírios que invadem a Europa fugindo de guerras ou em busca de melhores oportunidades e até dos extra-terrestres! Enfim dos fracassados, párias da humanidade! E claro que os Coxinhas não se incluem nesta turma!
Resultado de imagem para comunismo assusta coxinhas
www.google.com.br/images. Obama é comunista! Bradam Coxinhas do mundo inteiro! VERDADE OU MENTIRA?

A classe Coxinha encontra Comunismo satânico na Idade da pedra, no Mundo Antigo e no Feudalismo, mas tanto as ideias comunistas/socialistas como a classe Coxinha só ganham corpo e alma a partir do capitalismo consolidado  e no enfrentamento dos 1% ricos X 99% da massa populacional destituída (escancarada a partir de meados do século XVIII- primeira revolução industrial, Revolução americana, Revolução Francesa e mais fortemente após  a segunda revolução tecnológica (1850) e surgimento da Indústria Moderna (final do século XIX-XX). 
Inicialmente ligada aos "pequenos burgueses" a classe Coxinhas ganha força no século XX com a industrialização e o "aparecimento" da classe média, uma classe deslocada entre magnatas bilionários, milionários, ricos e pobres/miseráveis e que, embora trabalhe arduamente para sobreviver e ter um pouco mais dignidade que a maioria dos trabalhadores baixa-renda defende com unhas e dentes e gritos os valores, crenças mitos, folclores e ditames burgueses pelo seu horror e ódio aos "sem-classe" e ao comunismo! Coxinhas são ignorantes e muito úteis à espertalhões como Donald Trump, Marine Le Pen, Nigel Farade, etc! 
Breivik ergue o punho direito, em uma saudação de extrema-direita, nesta sexta (24), na Corte de Oslo
www.google.com.br/images. Noruega. Anders Behring Breivik "77 mortes causadas em um duplo atentado de 22 de julho de 2011, em Oslo e na ilha de Utoya, na Noruega." 


A ganância capitalista levou o mundo à várias disputas e guerras regionais; às duas grandes Guerras Mundiais no século XX (1914-1918; 1939-1945); às guerras pelo controle do petróleo no Golfo Pérsico contra o Iraque; à ocupação por EUA e URSS do Afeganistão; às guerras separatistas após a derrocada do "comunismo real" e desintegração da URSS; às agressões impiedosas da Rússia contra a Geórgia, Ucrânia e outras ex-repúblicas soviéticas; ao surgimento do Estado Islâmico e seus ataques terroristas; ao ataque terrorista ao World Trade Center em 11 de setembro de 2001 e há várias insanidades na Europa, Ásia, África geradas pela intolerância, xenofobia e culto ao ódio à diversidade; louvor partidário à supremacia racial, patriotismo, etc, como ocorrido na Noruega pelo Coxinha terrorista psicopata "ultradireitista Anders Behring Breivik, 33, autor confesso do massacre que matou 77 pessoas" em 2011."5


QUEM SÃO OS COXINHAS PRIMEIRO-MUNDISTAS QUE TEM A MISSÃO DE BARRAR O ESTADO PROVIDÊNCIA E FORTALECER O ULTRA NEOLIBERALISMO SÉCULO XXI?

www.google.com.br/images. Reino Unido, França, Alemanha, Irlanda, Holanda, Itália e demais países que "viverão e sofrerão" o reacendimento ultra neoliberal através do culto do ódio e discurso politicamente incorreto. Na foto, políticos abjetos, magnatas conservadores, direitistas, autoritários Nigel Farade (Reino Unido), Marine Le Pen (França) à esquerda e Putin (ditador sanguinário russo) e Donald Trump (magnata, especulador financeiro, boneco de ventríloquo EUA)


Coxinhas são todos aqueles em qualquer parte do planeta, bilionários, magnatas, super ricos,  ricos, classe média [no Brasil classe média A à Z], indivíduos de alta-renda, baixa-renda, pobres, remediados, enfim, qualquer um que abra mão de ser humano, de cultivar o conhecimento, a reflexão, o agir de acordo com valores morais, éticos; abrem mão do Estado de Direito, da Constituição, do sistema judiciário e se tornam justiceiros; não optam pela construção de uma sociabilidade mais humana, universal. Coxinhas são aqueles que se deixam levar pela "Onda" dos discursos de violência, raiva, ódio e intolerância e apoiam o discurso politicamente incorreto e seguem a HATE MACHINE dos donos do poder econômico [falácias, maledicências, fofocas espalhadas nas redes sociais]; lutam contra a liberdade e democracia e o estado democrático de direito; defendem o indefensável e que no Brasil levou ao golpe de Estado contra a presidenta democrática e constitucionalmente eleita Dilma Rousseff em 31-08-2016 colocando o país nas mãos de bandidos, criminosos apoiados pelos EUA [que quer o controle total do pré sal] e que elegeram o magnata xenofóbico, racista, tosco, especulador financeiro Donald Trump à presidência dos Estados Unidos nas eleições de 2016.
www.google.com.br/images.

Uma ignomínia jamais esperada no país "dono do mundo" e tramada através de ódio, intolerância, desrespeito aos valores morais da democracia, liberdade e diplomacia norte-americana, usando o poder do dinheiro, a corrupção moral dos republicanos, a ingerência e  suporte de Nigel Farade ("pai" do Brexit) e Putin (acusado de interferir, via hackers russos, nas eleições 2016 atacando seu desafeto, a democrata Hillary Clinton) rebaixando a poderosa nação primeiro mundista ao status quo do Brasil!  
Coxinhas também são todos aqueles que se julgam "superiores em razão da cor da pele, da origem geográfica, da classificação de cidadãos e cidadãs como seres de primeira, segunda, terceira classe, odeiam a diversidade racial e cultural, a miscigenação entre povos, religiões ou mesmo, no caso Brasil, aqueles que odeiam os pobres, negros, favelados, nordestinos Lula e o número 13.
Os Coxinhas são conservadores, servilistas, fracos, covardes que se deixam conscientemente ser tratados como parvos, que se prendem às crenças e mitos que justificam assassinatos, guerras, prisões, torturas, ditaduras contra os mais fracos e a ingerência passiva ou assumida do EUA, FMI, Banco Mundial e aqui cito no Brasil Fernando Henrique Cardoso - PSDB e demais coronéis e máfia do PMDB, PP, PR, PRB, DEMO's  e aliados direitistas e ultra direita de partidos nanicos e sua tese de Co-depêndência, capitalismo co-responsável, desenvolvimento capitalista dependente. 


www.google.com.br/images. PMDB, PSDB lutam entre si para se prostrar de quatro aos ditames dos Estados Unidos. Na foto os atuais governantes investigados nos crimes da Lava jato brindando o golpe de estado com o delegado improbo e desonroso Sérgio Moro, que blinda corruptos e criminosos de demais partidos para cumpri a missão EUA de destruir o governo e o partido dos trabalhadores, PT,  prender ou matar Lula e acelerar a destruição do Estado e soberania do Brasil. São todos Coxinhas com muito poder econômico, político; controlam todos os poderes e tem apoio irrestrito das Organizações Globo, SBT, Bandeirantes, Record que se reportam e agem sob ordens e a serviço dos EUA!


A
www.google.com.br/images.

2017. A UNIÃO EUROPEIA RESISTIRÁ A HATE MACHINE e ao DISCURSO POLITICAMENTE INCORRETO DE NIGEL FARADE (UK), DONALD TRUMP (EUA), PUTIN (Rússia), MARINE LE PEN (França), FRAUKE PETRY (Alemanha) e outros fascistas europeus?
A tática é dividir as nações em dois grupos NÓS X ELES; dividir a União Europeia em unidades nacionalistas (BREXIT), apropriar-se do altíssimo nível de desconfiança geral na política e nos políticos gerados pela fraca atuação da União Europeia a favor da população e insatisfação geral contra a ajuda aos bancos e outras instituições que levaram à falência vários países, ao altíssimo desemprego, diminuição da renda, empobrecimento da população. Culpabilizar os atuais governantes, pregar a intolerância e ódio contra as minorias em geral e aos imigrantes sírios e africanos em particular pelas desgraças nas economias europeias, erguer a bandeira do patriotismo, populismo, nacionalismo, criar "o SALVADOR", colocar nos seus berros os anseios da população e  forjar um discurso que desvie a culpa dos verdadeiros criminosos, corruptos, os "players" ultra neoliberais e sua missão de enfraquecer e destruir qualquer tipo de regulação às jogatinas no mercado financeiro gerando mais crises e penalizando o povo, que, lógico, pagará a contra dos roubos como sempre!
www.google.com.br/image. Meme: Obama preso por Trump, Farade e Putin! Bom humor é tudo!

Existe saída contra as fofocas, mentiras, maledicências que se espalham na velocidade da luz nas redes sociais? É possível barrar o discurso de ódio nas redes sociais e nas formas tradicionais de "aproaching"?  A União Europeia sucumbirá como os povos dos Estados Unidos e Brasil?
É possível usar a mesmas armas contra a HATE MACHINE E O DISCURSO POLITICAMENTE INCORRETO NA LUTA IMPERIALISTA pelos mercados mundiais (EUA, Inglaterra, Japão, China, Rússia)?
Quem dará os primeiros passos para salvar a liberdade, a democracia, o processo de construção de uma sociabilidade humana menos injusta, mais tolerante, de integração e respeitos aos povos? Qual país sairá à frente em defesa da democracia, diplomacia, "concertação" entre potências e políticas de não-enfrentamento, dissolução e guerras? É preciso começar tudo de novo e a esperança está na Europa continental! E claro, contra a hate machine...O BOM HUMOR É TUDO!




1. MARX, K. A ORIGEM DO CAPITAL. A acumulação primitiva. São Paulo, SP: Global, 3ª ed. 1979.

2. HARVEY, David. O ENIGMA DO CAPITAL: e as crises do capitalismo.São Paulo, SP: Boitempo, 2011.

3. KENNEDY, Paul. PREPARANDO PARA O SÉCULO XXI. Belo Horizonte, MG:UFMG. Org. Política Mundial, apostila 1996.

4. "A Dum Diversas é uma bula papal publicada em 18 de junho de 1452 pelo Papa Nicolau V, dirigida ao rei Afonso V de Portugal, e acreditada por muitos ter inaugurado o comércio de escravos africanos. Nesta bula ele autoriza Afonso V de Portugal a conquistar sarracenos e pagãos e a fazer deles escravos perpétuos. Esta bula foi reiterada pelo papa Calisto III em 1456 e renovada pelo Papa Sisto III em 1481 e o Papa Leão X, em 1514. O conceito da remessa de esferas de influência exclusivas a determinados Estados-nação foi estendido para a América em 1493 pelo Papa Alexandre VI.Dum Diversas foi uma bula, com poder geográfico essencialmente ilimitado na sua aplicação, talvez o mais importante ato papal relativas à colonização Portuguesa, afirmando o seguinte:Nós concedemos a você [Reis de Espanha e Portugal] por estes presentes documentos, com nossa Autoridade Apostólica, plena e livre permissão de invadir, buscar, capturar e subjugar os sarracenos e pagãos e quaisquer outros incrédulos e inimigos de Cristo onde quer que eles podem estar, bem como os seus reinos, ducados, condados, principados e outras propriedades […] e reduzir suas pessoas à escravidão perpétua.Em 8 de Janeiro de 1455, o papa Nicolau V esclareceu um problema, surgido entre os Portugueses e espanhóis, sobre quem seria o dono das Ilhas Canárias, decidindo esta questão a favor dos portugueses, na bula “ROMANUS PONTIFLEX” onde reafirma tudo o que foi dito na bula “DUM DIVERSAS”. E nesta bula, o papa também sancionou, isto é, deixou bem claro, que os Portugueses devem realizar a compra de escravos negros ao longo da costa africana usando forca ou trocando-os por mercadoria."

5. Sobre o assunto ver: Noruega: https://noticias.uol.com.br/internacional/ultimas-noticias/2012/08/24/anders-breivik-e-condenado-a-21-anos-de-prisao-pelo-massacre-de-77-na-noruega.htm

6. KISSINGER, H. ORDEM MUNDIAL.