Postagens populares

Pesquisar este blog

Carregando...

domingo, 21 de setembro de 2014

BRAZIL: SE A POBREZA NO BRAZIL É ASSIM, IMAGINE NA EUROPA!



POBREZA ELEGANTE


Foto Marina da Silva.
Marina da Silva

Esta é uma expressão que tomo de empréstimo de Machado de Assis, no livro Memorial de Aires e tudo porque assistindo sobre a pobreza na Itália na TV, comentei com o guia europeu os dados recentes da miséria no país e ele  além de não gostar, retrucou-me com veemência e de forma grosseira.
_ Não há pobres na Itália! Informou-me, indignado e esnobe.
_ Você não pode comparar os pobres daqui com os do Brasil. Não e não!
O assunto rendeu, pois insisti em dizer que os jornais e TV’s  denunciavam cerca de 7 milhões de pobres na Itália. E embora não possa ser comparada com a pobreza no Brasil, qualitativa e quantitativamente absurda, era visível para todos a discrepância entre, por exemplo, França, Holanda, Bélgica e a Itália.
www.google.com.br/images. 2013.

Mesmo que se tenha visto pobres, mendigos, gente morando debaixo da ponte, moradores de rua e seus colchões e papelões, camelôs e imigrantes ilegais nos oito países visitados, a impressão que se tem da situação de pobreza na Itália é que ela é mais grave.
Mas o guia catalão apoiado pelo motorista galego, ambos espanhóis, teimavam em afirmar peremptoriamente, que não havia pobres na Europa. Não como a pobreza no Brasil, repetiam enfáticos. Achei, tanto a defesa quanto a indignação muito interessantes; lembrei-me de Machado de Assis e quis saber como era a pobreza na Europa. Que a miséria lá não é tão escancarada, vergonhosa e deselegante como no Brasil nota-se com uma olhadela, mas que o europeu queira distanciá-la a qualquer custo de qualquer grau de comparação com a pobreza terceiro mundista era um caso a se estudar.
Fotos Marina da Silva. Paris/Belo Horizonte. 2007.

E foi o que fiz. Pesquisei e descobri uma “Jornada mundial da recusa da pobreza”, realizada dia 17-10-07 e organizada por Portugal, Espanha e Itália, 2º, 3º e 4º países líderes do ranking da pobreza na Europa. O primeiríssimo lugar é ocupado pelo Reino Unido. E não é só! Dados da 57ª Assembléia Geral da Conferência Episcopal Italiana (25-05-07), cujo tema foi “A Europa e a pobreza” denunciam a existência de cerca de 2 milhões de crianças e adolescentes vivendo abaixo da linha da pobreza estabelecida pelo Banco Mundial:
* pobreza extrema  =  1 dólar por dia;
* pobreza moderada = 1 a 2 dólares por dia;
* pobreza = 3 refeições diárias ou U$19,974 para família de 4 pessoas ou U$10,160 uma pessoa.
A Itália possui 57.147.733 milhões de habitantes, uma PEA (População Economicamente Ativa) de 24.063 milhões de pessoas, uma taxa de 7% de desemprego, 7 milhões de pobres, sendo cerca de 2 milhões de crianças e adolescentes, principalmente das regiões ao sul do país. A pobreza afeta minorias, imigrantes, refugiados, mulheres; o país ainda vive às voltas com sérios problemas de corrupção, crime organizado, alto desemprego e tudo agravado pelas desigualdades entre norte (área mais desenvolvida, industrializada) e sul e a intensificação da imigração ilegal.
Foto Marina da Silva. Veneza. Itália. Outubro. 2007. Já estava crescente o grande número de imigrantes(africanos e asiáticos, especialmente) e nativos vendendo produtos genéricos made in China.

"Según el informe de Intermón Oxfam Crisis, desigualdad y pobreza, actualmente, el porcentaje de pobreza se sitúa en el 27% de la población. Ello supone que hay 12.700.000 personas en dicha situación. Y, según el director general de la organización, José María Vera, si el Gobierno mantiene su política de recortes (como parece que va a hacer, según el propio programa de reformas previsto para este año), “puede llevar entre dos y tres décadas recuperar el nivel de bienestar que había en nuestro país antes de 2008″. Uno de los últimos informes de Unicef denuncia, además, que el 20% de los niños españoles está ya en situación de pobreza."http://dereitossociaiserendabasicalugo.wordpress.com/2013/05/13/como-el-gobierno-le-miente-a-europa-sobre-la-situacion-de-la-pobreza-en-espana/

Mas o que difere a pobreza de lá e a daqui?
Logicamente não é uma questão de elegância. Nossa pobreza na escala do Banco mundial ocupa os níveis extremo e moderado, (50 milhões de pobres) praticamente toda a população da Itália. Há ainda o entendimento do que seja “mínimo social”_ por exemplo na Espanha pode chegar a 500 euros_ e programas sociais governamentais para garantir este mínimo que inclui moradia, alimentação, segurança, educação, saúde, bem-estar material ( variando de país para país) e buscando atingir o maior número possível de cidadãos.

No Brasil há divergências sobre o mínimo social; se ele é minimamente ético ou um direito social garantido pela Constituição federal. O salário é mínimo, a pobreza humilhante e ultrajante e atualmente naturalizada e banalizada na mídia, especialmente novelística.
www.google.com.br/images. Movimento contra a pobreza na Europa que aprofundou-se drasticamente após a crise financeira mundial 2008 e atingiu sem dó nem piedade os europeus a partir de 2011.
"Cerca de um quarto dos europeus, o que corresponde a 124,5 milhões de pessoas, foram ameaçados pela pobreza ou a exclusão social em 2012, segundo dados publicados nesta quinta-feira pela Eurostat, escritório europeu de estatísticas. Só na Bulgária, 49% da população se encontra nesta situação".http://www.portugues.rfi.fr/europa/20131205-relatorio-da-eurostat-mostra-que-pobreza-aumentou-na-europa

Enquanto a Europa “recusa” a pobreza e busca, através de ações e políticas públicas garantir o mínimo social estabelecido em cada país a um maior número de pessoas, no Brasil busca-se manter uma miséria fisiológica que perpetue um sistema político-econômico coronelista, de castas.
www.google.com.br/images. 

"IBGE admite erro em Pnad e desigualdade cai""A pesquisa continha erros extremamente graves. Cabe pedir desculpas a toda a sociedade brasileira", afirmou Bittar. Já o diretor de Pesquisas do órgão, Roberto Olinto, descartou qualquer interferência política na revisão dos dados."Não há o menor indício de pressão. Nós encaramos o fato como um acidente estritamente técnico e que será investigado. O processo do trabalho será investigado. O IBGE está extremamente abalado por isso", afirmou.

www.google.com.br/images. Fake Batista, o maior bilionário gerado nas profundezas minerais, gasosas, marítimas e do pré-sal! Agora se diz CLASSE MÉDIA C?


Aos párias brasileiros cabe a cidadania pelo voto, referendando assim uma classe de políticos corruptos, ladrões, apátridas, indignos de comandar uma das dez maiores economias do planeta na atualidade e o povo brasileiro.

http://www.tre-ma.jus.br/noticias-tre-ma/2014/Setembro/comissao-de-votacao-paralela-para-auditoria-em-urnas-eletronicas-do-ma-sera-instalada-na-segunda-15
 
www.google.com.br/images. 


"Para aqueles que ainda tem dúvidas de que a fragilidade das urnas eletrônicas do TSE não seria proposital, aí está mais uma notícia de arrepiar os cabelos. De acordo com reportagem do jornal Folha de S. Paulo desta quarta-feira (10/09), a gestão das urnas eletrônicas de 217 municípios do Maranhão ficará a cargo de uma empresa cujo dono possui vínculos com a família Sarney. A Atlântica Serviços Gerais venceu a licitação, no valor de aproximadamente 3 milhões de reais, promovida pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MA), para cuidar de uma série de serviços diretamente ligados às urnas eletrônicas no dia da eleição. A empresa tem como dono Luiz Carlos Catanhede Fernandes, o qual teria vínculos com Jorge Murad, marido da governadora Roseana Sarney (PMDB), além da própria Roseana e do candidato dos Sarney ao governo neste ano, Lobão Filho (PMDB) – aliás, nome bem sugestivo, hein?!"http://www.canaldootario.com.br/blog/gestao-das-urnas-eletronicas-maranhao-sera-feita-por-aliados-dos-sarney/

Mosaico a partir de www.google.com.br/images


A democracia representativa no Brasil é o maior engodo histórico! As eleições sempre foram "suspeitas", só que agora com o mecanismo super hiper mega plus moderno e frágil, URNA ELETRÔNICA, os próprios políticos corruptos e ladrões votam pelos brasileiros NECESSITANDO APENAS QUE O CIDADÃO ASSINE A FOLHA DE COMPARECIMENTO DO MESÁRIO NA SUA ZONA ELEITORAL! Não importa em quem você vote, importa que você saia de sua casa e faça esse papelão para os TRE's e TSE.
www.google.com.br/images. A parte mais importante das eleições não é o voto e SIM A SUA ASSINATURA!

06/02/2014 21h01 - Atualizado em 06/02/2014 22h27

TSE registrou voto de irmão morto de Henrique Pizzolato em 2008

Condenado no mensalão foi preso na Itália com vários documentos falsos.
Justiça eleitoral pediu apuração sobre possível fraude na obtenção de título
.http://g1.globo.com/politica/mensalao/noticia/2014/02/tse-registrou-voto-de-irmao-morto-de-henrique-pizzolato-em-2008.html