Postagens populares

Pesquisar este blog

Carregando...

domingo, 19 de maio de 2013

BRAZIL: LIFE STYLE $1.99!



LIFE STYLE 1.99! 

 

www.google.com.br/images "Considerado um dos símbolos mais famosos do mundo, o Tio Sam é a personificação do país mais poderoso do planeta, os Estados Unidos da América (EUA)."

Marina da Silva

 

O século XX também conhecido como “o século curto” devido ao boom científico/tecnológico que mudou drasticamente as formas de produção e o mundo do trabalho alterando a percepção de tempo/espaço, foi marcado por duas grandes guerras mundiais, a quebra da bolsa de Nova York em 1929, pelas revoluções socialistas/comunistas; pela derrocada das utopias socialistas/comunistas – tendo seu ápice na queda do muro de Berlim e unificação da Alemanha em 1989 e ainda; por cruentas guerras separatistas no leste europeu, nas ex-repúblicas socialistas soviéticas, incontáveis conflitos no Oriente Médio e continente africano e no plano econômico pela inversão de capitais da produção para o capital financeiro e boom de especulação que pintou e bordou com economias nacionais levando vários países à falência, entre eles: Japão, Tigres asiáticos, México, Argentina (citando alguns), levando milhões à extrema pobreza e miséria.

Polarizado em dois blocos imperialistas: capitalistas liderados pelos Estados Unidos da América e socialistas dominados pela União das Repúblicas Socialistas Soviéticas o mundo viveu aterrorizado com a iminência de uma terceira guerra mundial no período da “Guerra fria”. Hegemônico no ocidente e com bons aliados no resto do planeta, os EUA dominaram o cenário mundial de todas as formas possíveis e imagináveis, principalmente: econômica, bélica, tecno-científica, cultural, geopolítica e geoestratégica (donos do mundo e força policial)! O mundo, repartido, classificado e devidamente etiquetado recebeu na pele, via e veias a marca do dono: USA!

www.google.com.br/images. Os donos do mundo!

As Américas central e latina com total aquiescência, submissão e subordinação de governos locais as leis do FMI/Banco Mundial eram, quase exclusivamente um celeiro, pasto e quintal dos norte-americanos! Ninguém ousava questionar tio SAM e o estilo “ianque” foi imposto a população com a mega ajuda de Disney e produções hollywoodianas! Todos os caminhos levam aos Estados Unidos e tanta veneração rendeu o que se denominou “geração Coca-Cola” onde a juventude alienada, aculturada, configurada “é uma banda numa propaganda de refrigerante!”.

E como no capitalismo “tudo que é sólido se desmancha no ar”, o império norte-americano veio se esfacelando com aumento da competição pelos mercados, pela reestruturação produtiva e desterritorialização/dispersão geográfica da produção (principalmente para China e Índia), pela desindustrializaçao,  por geoestratégias bélicas e econômicas equivocadas dos Bushes (pai e filho) que levaram o país a duas guerras cruentas contra o Iraque e transformaram o mundo num circo financeiro!
Os ataques terroristas de 11 de setembro de 2001 e a grave crise financeira 2008 (sub-prime) derrubaram as torres gêmeas e prédios anexos, o moral dos norte-americanos e deixaram abertas, expostas, sangrando...as veias, chagas e fraquezas  da “Ilha da fantasia” e do “American Dream”!
 
www.google.com.br/images. Roubados e traídos,  cidadã(os) estadunidenses vão as ruas no movimento Occupy Wall Street.
"No outono de 2008(...) a "crise das hipotecas subprime"(...)levou ao desmantelamento de todos os grandes bancos de investimento de Wall Street, com mudanças de estatuto, fusões forçadas ou falências.  (...) Os mercados de ações se desintegraram na medida em que especialmente as ações de bancos tornaram-se quase inúteis; fundos de pensão racharam sob a tensão; orçamentos municipais encolheram; e espalhou-se o pânico em todo o sistema financeiro.(...) Era como se Wall Street tivesse iniciado um golpe financeiro contra o governo e o povo dos estados Unidos" D. Harvey. O enigma do capital.

 E desde que o mundo é mundo se um “império” cai outro se levanta! E esse outro, montado num dragão vermelho, mutante comunista-capitalista ajudou e vem ajudando a instituir uma nova sociabilidade: o Life Style $1.99, nos Estados Unidos conhecido com a “Síndrome Wal-Mart”, de caráter corrompido tanto nas novas formas de produção e exploração da mão-de-obra como a subsunção dos trabalhadores organizados no mundo inteiro! Um negócio da China que garante lucros exorbitantes para capitalistas,dá sustentabilidade aos governos neoliberais mantendo, mesmo com baixos salários, o poder de compra dos trabalhadores, abastecidos com produtos baratos, de baixa qualidade, um lixo pirata, genérico, made in China, especialmente!
A China se preparou para auto-suficiência desde o governo de Mao Zedong que implantou o comunismo e a produção coletivista amparada no voluntarismo ideológico (ditadura dos proletários) e no autoritarismo e fez do dragão um mutante inimaginável até para neoliberais ferrenhos: capitalismo-comunista ou socialismo possível, batizado no Brasil de capitalismo co-responsável!
 
www.google.com.br/images

 Mas quem acordou o lado capitalista do dragão para o mundo? 

O sistema capitalista desenvolvido ou os países do "Primeiro Mundo" que em baixa (taxas de lucros declinantes) desde a década de sessenta, atolado nas crises do petróleo nos primórdios dos anos setenta e na recuperação do Japão, Europa e ascensão dos Tigres Asiáticos deu uma guinada 360° ultraliberal com a ajuda das novas tecnologias de produção, comunicação, transporte e foram produzir suas mercadorias na Índia, Hong Kong, Taiwan, Filipinas, Vietnan, Tailândia, Coreia, Paquistão, etc., e...China, o maior e mais populoso país do planeta! A China não só abraçou o capitalismo como o sistema híbrido comunismo-capitalista deu novo fôlego ao sistema capitalista, descolando o discurso político-social de esquerda das ações geopolíticas e geoeconômicas neoliberais!

 

www.google.com.br/images. O maior devedor do mundo(EUA) e o maior credor do mundo(China). Quem está nas mãos de quem?

Hiper flexíveis capitalistas engrossaram as fileiras na produção “vermelha” de olho no lucro alto e fácil usando e abusando da vastíssima mão-de-obra barata e escrava, matérias primas e muitas benesses comunistas. Em 1999 a China entra para a OMC- Organização Mundial do Comércio e o dragão $1.99 toma o mundo de assalto na era globalizada! A fragmentação, relocalização e dispersão geográfica da produção mostrou a que veio: altíssimos lucros com baixíssimos investimentos diretos na produção e uma mega orgia especulativa do capital financeiro!


www.google.com.br/images

O custo Made in China: concentração de riquezas, desigualdade social, aumento inimaginável da produção pirata, falseta, genérica, produtos $1.99, ou seja, baixa qualidade e nenhum compromisso ambiental ou quaisquer outros; altos níveis de desemprego tanto pela reestruturação produtiva como pela dispersão geográfica da produção para áreas de vastíssima mão-de-obra barata; flexibilização e desregulamentação laboral; precarização do mundo do trabalho (hiper terceirização, aumento do trabalho informal, parcial, uso e abuso do trabalho de imigrantes indocumentados, do trabalho de menores, estagiários, o recrudescimento do trabalho escravo e principalmente o aumento exponencial do recrutamento de mulheres! 

 www.google.com.br/images. Em alguns países a mão-de-obra feminina já ultrapassou o trabalho masculino!

No Brasil a farsa “empreededorismo social” transforma trabalhadores assalariados em pessoas jurídicas: sistema conhecido como pejotização/laranjização - trabalhadores travestidos em empresários. E ainda muitas outras formas de exploração e expropriação da mão de obra! Some-se a isso tudo: o desmonte do Estado de bem-estar social onde esse existiu e o estrangulamento e quase extinção da Classe Média Clássica! Corrupção e corrosão tanto na produção de mercadorias ( pirataria e  baixa qualidade) como deterioração das condições e relações de trabalho e massificação do consumo e da vida de rebanho para além da Grande Muralha! Um pesadelo fordiano: admirável gado novo! O indivíduo sumiu cumprindo a profecia do Mao: "O sistema socialista acabará por substituir o sistema capitalista; essa é um lei objetiva, independente da vontade do homem. Por muito que os reacionários tendem impedir o avanço da roda da história, tarde ou cedo a revolução se fará e conquistará inevitavelmente a vitória."

 

http://blog.bytequeeugosto.com.br/category/industria/"Sabe aqueles baralhos plásticos genéricos que você encontra em qualquer 1,99 por aí? Por incrível que pareça, eles não são auto-gerados, tem fábricas em algum lugar oculto do país grande de olhos puxados que fazem zilhões desses por dia.Mas, se você pensa que eles usam grandes máquinas e fazem tudo roboticamente, muito se engana…" Assista o vídeo.

Capitalismo selvagem? Claro...que não! É socialismo possível ou capitalismo Co-responsável onde demandas sociais são taxadas de custos, riscos, déficit e utopias socialistas/comunistas são mais do que nunca sonhos platônicos, um corolário falacioso a ser usado geoestrategicamente em período eleitoral! O famigerado Estado odiado pelos liberais e neoliberais, apropriado, transformou-se numa EMPRESA corporativa! Nem uma terceira guerra mundial atômica faria tamanho estrago como o fez a atual fase de acumulação capitalista flexível aos povos do planeta e aos processos de humanização de homens e mulheres!Considerada a pior crise já sofrida pelo capitalismo [2008] o governo americano previa de 5/10 anos para recuperação sob a batuta democrata e na pele de Obama, o cara! Ao contrário do Brasil que fez o “dever de casa” a União Européia protelou um plano de ação para evitar o desastre e falência de países como Portugal, Itália, Espanha, Irlanda, Grécia! Ação geopolítica e geoeconômica intencional... ou não, fato é que saem mais fortes França e principalmente Alemanha, a potência econômica européia!

Muitos dos bengaleses estão desempregados e dependem financeiramente dos aliciadores: para a PF, condições análogas ao trabalho escravo (Monique Renne/CB/D.A Press) 

www.google.com.br/imagesTRABALHO ESCRAVO NO BRAZIL:
"Os estrangeiros chegam ao Brasil pela Guiana Inglesa, pelo Peru e pela Bolívia, com o sonho de conquistar empregos com salários de até US$ 1,5 mil, como lhes era prometido. A realidade, porém, é bem diferente. Amontoados em casas de poucos cômodos, muitos deles, que esperavam trabalhar na construção civil ou em frigoríficos, estão desempregados. Não têm dinheiro nem sequer para ajudar nas despesas do aluguel. Com isso, ficam dependentes financeiramente dos chamados “coiotes” e não conseguem voltar ao país de origem. Mesmo assim, não querem retornar a Bangladesh."
www.correiobraziliense.com.br15/05/2013

Mas o que fez o Brasil para enfrentar a crise financeira mundial que chegou aqui “uma marolinha”? Um plano de “estabilização” econômica recrudescendo o que Collor iniciou em 1990: abertura econômica, arrocho salarial para o funcionalismo público e aposentados, cortes nos gastos públicos, estrangulamento da classe média, reforma da previdência, desregulação do mercado de trabalho, criação da CLT-Flex e o maior golpe de todos: privatizações de empresas públicas rentáveis como a CVRD- Cia. Vale do Rio Doce, hoje Vale! Assim como Collor e FHC, Lula/Dilma deram continuidade ao plano de “estabilização” econômica dando gás a concentração de riquezas, mas, aqui entra o elemento inovador: manutenção de um  salário mínimo imoral fortalecido pelas bolsas- esmola para milhões de trabalhadores pobres, quase pobres, com um pé na linha da pobreza e miseráveis!

 

www.google.com.br/images. Atenção que é RENDA DA FAMÍLIA e não do indivíduo! Para ser classe C+ é necessário no mínimo duas pessoas trabalhando!

 

 É a revolução C que criou uma “Nova Classe Média Brasil” que vai as compras em shopping de “camelô”, Feiras shop e brevemente nos shoppings Favela- shop! 

www.google.com.br/images. Estatização da pobreza e manutenção do status "mendigo, povo vira-lata" ! Se China usou e abusou da propaganda comunista e o mito "Bando dos Quatro" para amordaçar, tiranizar, explorar e expropriar o povo chinês, inclusive com adestramento ainda no útero, O Brazil faz uso das BOLSAS-ESMOLA, apologia da CLASSE Cde(quase 130 dos 192 milhões de brasileiros) para transformar cidadãs e cidadãos  em um gado impotemte e apático! Observe o empobrecimento da classe média A!

Por que negar a potência e riquezas do Brasil pré-sal? Por que no poder a “esquerda” [FHC/Lula/Dilma] abortou os planos "da social democracia e país para todos" e adotou o capitalismo Co-responsável, isto é, socialismo possível, o estado Mínimo? Por que o Brazil quer um povo classe C, forjando uma “nova classe média” morando em favelas e mega conjuntos habitacionais populares vivendo do mínimo e bolsas-esmola e pagando o máximo por produtos $1.99 legais e ilegais Made in China no mercado legal e ilegal?

 

www.google.com.br/images

 A falsificação e corrupção geral dão forças ao Life Style 1.99 fundamentado em ações políticas/geoeconômicas neoliberais, amparado por discursos falaciosos de cunho socialista/comunista, respaldado no mundo 1.99! Ninguém está a salvo quando o mundo, principalmente o “primeiro mundo” flerta descaradamente com o socialismo possível Brasil para vencer a crise adotando o jeitinho brasileiro de “desadministrar” investindo no estado mínimo necessário à nova era flexível, global, chula, 1.99!!