Postagens populares

Pesquisar este blog

Carregando...

domingo, 24 de novembro de 2013

BRAZIL RUMOREJANDO: PEQUENAS CONSTATAÇÕES, NA FALTA DE MAIORES...

 www.rimasprimas.com.br Lançamento: Dia 9 de dezembro próximo, na Livraria Cultura que se localiza no Shopping Curitiba (Brigadeiro Franco, 2300), das 16 às 21 horas. Comunico, também, que este segundo livro, a ser lançado, 150 Sonetos & 1 Sonetão - (Pseudos), já se encontra, juntamente com o primeiro, Rimas Primas & Outras Constatações, à venda. Agradeço, desde já, o prestígio. — em Curitiba, Brigadeiro Franco, 2300

Constatação I De diálogos dicotômicos esclarecedores).
-“Ela (e) perdeu a capacidade de raciocínio”.
-“Claro que não”.
-“Como claro que não? Claro que sim”.
-“Claro que não. A gente nunca pode perder aquilo que não tem”.
-“Ah bom. É mesmo. Quer dizer, ah ruim, quer dizer...”
Constatação II
Foi o origamista, o dobrador de papel, que nunca dobrou a espinha e dobrou o seu teimoso patrão para lhe dar aumento, porém não conseguiu dobrar a invicta para levá-la ao motel com intenções das mais sublimes?
Constatação III
Deu na mídia, mais precisamente no Estadão: “Para Lula Dilma e Padilha são prioridades”. Data vênia, como diriam nossos juristas, mas Rumorejando acha que prioridades são as pessoas que constituem o povo brasileiro e os que aqui vivem. 
Constatação IV
Também deu na mídia e também no Estadão: “O Brasil sabe que sou inocente, diz José Dirceu”. Data vênia, como dizem nossos juristas, mas Rumorejando acha que essa frase tem alguma semelhança com as que dizem para suas – deles - mulheres certos maridos quando chegam tarde a casa.
Constatação V
Quando a recém-socialite, há pouco tempo emergente, a alpinista social, estava lendo frases famosas, para poder anexar na sua página do facebook, constatou a do Prêmio Nobel, em Literatura, Gabriel García Márquez: “Aprendi que um homem só tem o direito de olhar um outro de cima para baixo para ajudá-lo a levantar-se”, enunciou as seguintes interjeições: “Imagine!” “Pois, sim!” “Eu, hein!”
Constatação VI
Conforme Rumorejando, no blog, já teve ocasião de assinalar e também nos dois livros já publicados por este assim chamado escriba, a intenção é de fazer, com uma tentativa de humor, as pessoas mais alegres, mais felizes. Se não for o caso de uma gargalhada, ou um riso, também o autor se sentirá recompensado com um simples sorriso. Assim transcrevo uma frase, cujo autor me é completamente desconhecido (Quem souber, por favor, comunicar através do blog. Obrigado), que vale como um dos conselhos úteis: “Nunca deixes de sorrir, nem mesmo quando estiver triste, porque nunca se sabe quem pode se apaixonar por teu sorriso”.
Constatação VII
Não se pode confundir presente com presunto, até porque você não pode pedir umpresente cru espanhol pra degustar com baixo preço, no lugar do presunto. Somente se ficar explícito que o presunto espanhol é presente. Nos demais casos, negativo. Afinal, você não é antropófago. Ou é? Se for, vige!
Constatação VIII (Pouco mais de uma dúzia de dicotomias da 3ª. Idade).
-Cabelo branco em alta; cabelo da cor natural, em baixa.
-Barriga proeminente em alta; musculação, em baixa.
-Ficar ofegante em alta; relaxado, em baixa.
-Ficar esquecido em alta; recordado, em baixa.
-Ficar confuso em alta; tranquilo, em baixa.
-Fazer barbeiragem em alta; destreza, em baixa.
-Descer uma escada em alta; subir uma escada, em baixa.
-Não lembrar o nome de pessoas conhecidas ou cumprimentar desconhecidos ou, ainda, dizer muito prazer em conhecê-la para a mesma pessoa n vezes, em alta; visão, em baixa.
-Levar um tempão para descer de um carro, ônibus, bonde, caminhão, caminhonete, carroça, bicicleta e outros veículos terrestres, em alta; correr atrás do ônibus para não perdê-lo, em baixa.
-Surdez em alta; prestar atenção em baixa.  
-Proibições médicas em alta; liberdade de fazer a própria vontade, em baixa.
-Sono de dia em alta; sono à noite, em baixa. 
-Ler sem óculos em alta; lembrar o que já leu, em baixa.
-Maus pensamentos em alta; Raciocínio, em baixa.
-Tomar remédios em alta; tomar uma inocente cerveja, em baixa.
-Libido em alta; ereção, em baixa.
Constatação IX
Quando um integrante do Zé-povo, que o dicionário Houaiss define como “homem comum, simples, do povo”, leu a coluna do articulista João Bosco Rabello, no Estadão, intituladoReforma ministerial – é torcer para não piorar, resolveu mandar uma mensagem ao articulista dizendo: “Não precisa se preocupar, pior do que já está não dá para ficar ainda mais”. Quanta realidade, digo, quanta maldade! Vige!
Constatação X (Vige!).
Da coluna de Jamil Chade do Estadão: “GENEBRA – Os bancos suíços garantem que o dinheiro que teria sido pago como propina pela Alstom e Siemens a intermediários brasileiros está congelado e que as instituições cooperaram nas investigações desde a identificação dos suspeitos”. Comentário de Rumorejando: “Já não se fazem mais suíços como antigamente”. 
Constatação XI (De uma dúvida crucial). 
Com relação à Constatação anterior, o que será que fez os suíços, que se locupletaram com dinheiro proveniente de quadrilhas, maus elementos, governantes inescrupulosos mudarem de atitude, inclusive teve um presidente de um banco suíço, depois da Segunda Guerra Mundial, que sumiu com documentos, a fim de não precisar devolver para os herdeiros dos que morreram e que haviam depositado seu dinheiro na neutra Suíça?
Constatação XII
País rico tem tsunami*; país pobre, pororoca**.
*Tsunami = n substantivo masculino. 
Vaga marinha volumosa, provocada por movimento de terra submarino ou erupção vulcânica (Houaiss).
**Pororoca = n substantivo feminino 
Regionalismo: Brasil.
1. Rubrica: geografia.
Grande onda de alguns metros de altura que ocorre, em certas épocas, em rios muito volumosos, esp. o Amazonas, perto da sua foz, e que destrói tudo que encontra à sua passagem, causando grande estrondo e formando atrás de si ondas menores (Houaiss).
Constatação XIII
Não se deve confundir embargo infringente com amargo refrigerante, muito embora os dois possam ter determinada semelhança, principalmente se o resultado do primeiro seja também amargo, como, por exemplo, a água tônica, que, coincidentemente, foi, numa certa época, o refrigerante adotado por este assim chamado escriba. Como os leitores poderão inferir, deduzir, depreender, concluir o gosto, ou os gostos do mencionado escriba são de transcendental importância para o futuro da Humanidade. Vige! 
Constatação XIV
Viver só de lembrança
É uma refinada
Lambança?
Constatação XV
Quando o idoso se inteirou que, de acordo com uma das leis da termodinâmica, o que se ganha em força, perde-se em velocidade. E vice-versa. Pensou tristemente. Na minha idade, em alguns casos, eu perco minha força e em grande velocidade...
Constatação XVI (De um pseudo-soneto).

 Conselhos úteis

Sofrer assédio pode ser um choque
No entanto, é algo que faz bem.
Você pode formar um estoque
Qual um sultão no seu harém.

Hoje, você não precisa de eunucos,
A fim de cuidar das virtudes delas.
Isto é atitude de tantãs, de malucos.
Basta ver o que acontece nas novelas.

É como se chamava de promiscuidade
Das vovós, nos antigos tempos de antanho,
Quando a mulher era só de uma “propriedade”.

Se você já foi o escolhido na abordagem
Em função da tua finura, beleza ou tamanho.
Não se preocupe. Vá em frente com coragem.

Constatação XVII (De altas expressões matemáticas).
Quando pegaram a Roseana Sarney com uma quantia alta de dinheiro sonante em seu poder, isto é no seu escritório de campanha, naquela hora ela, que estava em primeiro lugar nas pesquisas de intenção de voto, se ferrou e deixou de ser candidata a candidata para a presidência da República. Com isso, Lula ganhou as eleições. O mesmo aconteceu com o José Dirceu, que parecia o candidato natural do segundo mandato de Lula e que parecia que ninguém poderia tascar... No entanto, o mensalão ensejou a sua queda. Assim, Dilma Roussef, apoiada por Lula, que saiu consagrado, apresentando um dos maiores percentuais da preferência popular, se tornou, com o seu apoio, a atual presidente de República. Daí, pode-se determinar, nas razões e proporções matemáticas que Roseana Sarney está para Lula, assim como José Dirceu para Dilma. Multiplicando cruzado fica: Roseana Sarney x Dilma Roussef = José Dirceu x Lula. Dessa maneira, pode-se tirar a expressão matemática de todos eles, como, por exemplo, a nossa presidente, Dilma Roussef = José Dirceu x Lula, dividido por Roseana Sarney. Assustadoramente elementar, minha gente! Vige!
Constatação XVIII (De uma dúvida crucial).
Será que a Polícia Federal fez chamada para ver se todos os mensaleiros estavam presentes? E, conforme o Estadão “o ex-diretor de Marketing do Banco do Brasil Henrique Pizzolatto, condenado a 12 anos e sete meses de prisão no escândalo do Mensalão, fugiu para a Itália, aproveitando a dupla cidadania. Ele vai apelar para um novo julgamento italiano”, afirmou seu advogado. Data vênia, como diriam nossos juristas, mas Rumorejando não entende o que a Itália tem a ver com o problema brasileiro do mensalão para julgá-lo. Quem souber, explicar essa afirmação venal, que só ocorreria quando as galinhas criarem dentes, ou crescer pelos na palma da mão dos assim chamados humanos, por favor, esclarecimentos no blog. Obrigado.
Constatação XIX
Deu na mídia, mais precisamente no Estadão: “ONU adverte França por racismo de extremistas contra ministra da Justiça negra Christiane Taubira. Ela sofre ataques mais intensos desde que um programa de TV revelou o racismo de uma militante da Frente Nacional”. Data vênia, como diriam nossos juristas, mas Rumorejando acha que mesmo se levando em conta que o ataque foi de alguém ligada à extrema direita, o povo francês sempre foi xenófobo e racista. “O ano de 1789 marca a primeira vitória na luta pelo reconhecimento dos Direitos Humanos, com a Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão, conquista da Revolução Francesa cujo lema era: liberdade, igualdade, fraternidade”. Com o passar do tempo, o tal slogan Liberté, Egalité, Fraternité foi se atenuando (vide, por exemplo, as torturas e matanças na Argélia e em Paris contra os argelinos) e, hoje em dia, ficou algo para inglês ver, ou melhor, para muitos franceses não perceberem... Vige!
RICOS & POBRES
Constatação I
Rico é cativante; pobre, é antipático.
Constatação II
Rico é sensato; pobre, é desmiolado.
Constatação III
Rico tem dia completo; pobre, dia cheio.
Constatação IV
Rico usa a mente; pobre, mente.
Constatação V
Rico é rebelde; pobre, é resignado.
Constatação VI
Rico é disciplinado; pobre, é arruaceiro.

E-mail: josezokner@rimasprimas.com.br
Site: www.rimasprimas.com.br