Postagens populares

Pesquisar este blog

Carregando...

domingo, 30 de novembro de 2014

BRAZIL LAVA JATO: CORRUPÇÃO E COLONIZAÇÃO DO BRÉSIL!


 O PETRÓLEO É NOSSO...

Mosaico a partir de www.gooogle.com.br/images
Marina da Silva

Bradava o ex-ditador, agora presidente eleito, Getúlio Vargas, início dos anos 50, século XX e nos primórdios da descoberta e exploração do óleo negro. Insistindo no processo de industrialização do país, no desenvolvimento nacional priorizando o petróleo, combustível do capitalismo, Vargas era um grande entusiasta. Conta a história que o primeiro poço de petróleo foi descoberto na Pensilvânia, Estados Unidos em 1859 e até o final do séculoXIX pouco mais de meia dúzia de países extraiam petróleo do subsolo. 
Não é estória da carochinha: o Brasil muito cedo sonhava com petróleo e Monteiro Lobato, o pai de Pedrinho, Narizinho e Emília, a boneca xereta, fantasiava lá nos anos 30, séc. XX com as possibilidades de melhorias nas condições de vida dos brasileiros através da exploração do petróleo.
www.google.com.br/images

O petróleo é nosso?
A preocupação de Monteiro Lobato de que a descoberta caísse nas mãos de estrangeiros e não frutificasse benefícios ao país e ao povo  está em carta dirigida ao presidente da República em 20-01-1935:

“O assunto é extremamente sério, (...) nossas melhores jazidas de minérios já caíram nas mãos de estrangeiros e no passo em que as coisas vão o mesmo se dará com as terras potencialmente petrolíferas.”

Em 29-04-1938 é criado o Conselho Nacional do Petróleo; em 1939 em Lobato, Bahia entra em operação o primeiro poço comerciável e em 1953 é criada a Petrobras responsável pela lavra, refino e transporte e  em 1963 ela passa a cuidar da importação e exportação. O objetivo era diminuir a dependência do petróleo estrangeiro, diminuir as importações e alavancar a industrialização do país.
A chegada de JK à presidência dará impulso ao processo industrial dotando o país de infra-estrutura no seu ambicioso plano de desenvolvimento “50 anos em 5”: transporte, energia, comunicação, capacitação técnica, investimentos em pesquisa de prospecção em águas profundas, etc. 
A partir de 1968 começa a exploração no mar: Campo de Guaricema, Sergipe; 1969 Campo de São Mateus, Espírito Santo, 1974 campo de Ubarana na bacia Potiguar,  campo de Garoupa, Rio de Janeiro seguidos pelos campos gigantescos Marlim, Albacora, Barracuda e Roncador. Em 1972 cria-se a Braspetro.  Os esforços de industrialização, a segunda Grande Guerra, as crises do petróleo, os conflitos no Oriente Médio, etc, fazem “o milagre” brasileiro nos anos 70 enquanto o mundo padece com a crise mundial de petróleo em 1973 e 1978! A Petrobras entra  numa nova fase com a exploração pioneira em águas profundas e a bacia de Campos, RJ é a mais produtiva do mundo em alto mar!
www.google.com.br/images. Toda a riqueza do petróleo brasileiro vai para arroz, feijão, saúde, educação e blá...SÓ QUE NÃO!

Em 1975 a exploração de petróleo ganha novos agentes, multinacionais, através dos “contratos de risco”. Todo o empenho do governo é voltado para diminuir a dependência externa e será coroado com a produção em alto mar que em 1981 supera a produção em terra. Em 1984 a produção nacional se iguala à importação: 500 milhões de barris/dia. Em 1988 chega ao fim os contratos de risco e é criada constitucionalmente [CF/1988] a ANP- Agência Nacional do Petróleo, um órgão executor do gerenciamento do petróleo no país que promove a abertura do setor a “povos amigos”, isto é, empresas interessadas. É uma história de sucesso e lucros! Desde sua criação em 1953 pela lei 2.004 a Petrobras teve o monopólio das “operações de exploração e produção de petróleo bem como as demais atividades ligadas ao setor de petróleo, gás natural e derivados, “a execução da distribuição atacadista e de revenda no varejo pelos postos de abastecimento”[1954-1997].

Mosaico a partir de www.google.com.br/images. As sete irmãs que controlam a riqueza do petróleo em todo o planeta!


Em 1997, Fernando Henrique Cardoso, FHC, o privatizador, “sancionou a lei nº 9.478 que abriu as atividades da indústria petrolífera no Brasil à iniciativa privada” para competir com a Petrobras.
Em 2002 com 20 bacias petrolíferas, batendo recordes mundiais em exploração em alto mar, o Brasil amplia a área de prospecção, domina e exporta...tecnologias para perfuração e prospecção de petróleo em águas profundas, ultra profundas, abissais! O que rendeu excelentes frutos, mas não direcionados e partilhados com povo brasileiro! O Brasil é um país imensamente rico, auto-suficiente em energias limpas e sujas, auto-suficiente em produção de petróleo de excelente qualidade, de gás natural e... com altíssimos índices de pobreza e miséria: 18 milhões, 36 milhões, 50 milhões (dependendo de quem está no poder) de cidadãos e cidadãs vivendo na extrema pobreza e miséria!

Em 2003 uma virada fenomenal! Novas províncias de óleo de excelente qualidade e gás natural elevam os números a 1.540 milhões de barris/dia! Para onde vai a riqueza do petróleo?
Arrochados e roubados por um governo social-democrata genérico, o povo brasileiro é achacado pelo “estado mínimo” na terceira via do governo FHC [1994-2002]: a CPMF! Uma Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira, um assalto que durou de 1994 até 2007, arrecadando mais de 255 bilhões de reais que deveriam ser investidos na Saúde! A CPMF só não se transformou em roubo Permanente, porque eis que explode na mídia a descoberta do mega campo petrolífero Tupi, detalhe: o ouro negro só veio à tona com um assalto e sumiço de quatro notebooks contendo  dados confidenciais sobre as novas áreas descobertas de gás e petróleo colhidos pela empresa norte-americana Halliburton, uma terceirizada prestadora de serviços a Petrobrás!
www.google.com.br/images. Brasil, quem é teu dono?

 A ganância sobre “A fortuna do petróleo”  jorrou sobre os brasileiros as descobertas dos mega campos do Pré-sal no litoral do Espírito Santo, Rio de Janeiro, Sergipe que até poderiam transformar para melhor a vida do povo brasileiro, mas está sendo roubado por locupletadores, salafrários, ladrões brasileiros e/ou estrangeiros! A primeira década de auto suficiência escancarou negociatas, desvios, roubos, transações ilícitas e terceirizações “lícitas” entre a Petrobras e velhas empresas parasitas que na era globalizada diversificaram o assalto ao Erário dando um Up-grade nos contratos de obras públicas super hiper mega plus faturadas!
www.google.com.br/images. Na hora da partilha da riqueza do petróleo: essa "é a parte que te cabe neste latifúndio"


Em 2007 George Soros comprou uma parte da Petrobras e Eike Batista, o X-men, que criou uma mini-Vale sem um grãozinho de minério de ferro se deu bem criando a OGX, uma mini Petrobras! Em 2010 Soros, o mega especulador, vendeu suas ações da Petrobras "sem que nem porquê" e aplicou o dinheiro em banco; Eike Batista responde atualmente, como aprendiz de Soros, por um golpe financeiro [transações de ações] nos acionistas, com informações privilegiadas, seu poder X, gerando uma perda de cerca de 22 bilhões de reais em outubro/2013!
A partir de 2002 até o “petrolão”, nome dado por Aécio Neves em um discurso no senado após derrota nas eleições 2014 ao escândalo de corrupção na Petrobras, há muita estória de corrupção, roubalheira e petróleo e dinheiro público escorrendo para os ladrões!
Mosaico a partir de www.google.com.br/images. Para onde vai a riqueza do Brasil?? Pergunte ali no posto...Shell, Esso/Mobil, Texaco, BP, Chevron!
Aposto que você pensou no posto Ipiranga...rsrsrs.