Postagens populares

Pesquisar este blog

Carregando...

terça-feira, 12 de abril de 2011

"PORQUE O PASSADO ME TRAZ A LEMBRANÇA DE UM TEMPO EM QUE EU ERA CRIANÇA". Ney Matogrosso

DE ALGUÉM TRISTE

Lili

Mas que dá vontade dá, de jogar tudo pro alto e ir embora. Voltar a ser criança e começar de novo. Que saudades da minha infância! Eu era tão feliz, brincava de casinha, boneca e comidinha. Tinha meu cachorro chamado Xerife, ele era lindo! Tão amigo e companheiro! Sempre ao meu lado, brincando e correndo comigo.
Ai que saudades, quando eu subia no pé de manga e colhia “aquelas mangas”! Chupava jabuticaba até a barriga doer. Jogava bola com minhas coleguinhas (Aparecida e Fátima). Passeava na beira da lagoa e pescava numa varinha de bambu com linha de carretel e alfinete. Ah! Que saudades quando chegava da escola e colhia tomate e alface na horta para eu almoçar e a tardinha aguar a horta de alface, canteiros enormes com minha mãe! Colher os ovos pra minha mãe fazer bolos e biscoitos. Seguir a galinha para achar o seu ninho, que legal que era! Ir à escola a pé e voltar pegando frutas nos sítios da região; andava uns 3 km pra ir e pra voltar. Quando chovia andava na enxurrada e molhava toda a roupa só pra ouvir minha mãe dizer: graças a Deus chegou! Vai vestir uma roupa seca senão você gripa! Ai que saudades! Ai que saudades! Hoje é quase tudo chato, mas sigo em frente com essas boas lembranças é o que me consola às vezes. Queria ter a alegria da infância, a pureza nas coisas. Mas fui muito feliz na infância e procuro ser feliz hoje a conquistando dia a dia.
É difícil eu sei, mas não desisto e quando lembro vejo que a felicidade existe!