Postagens populares

Pesquisar este blog

Carregando...

sábado, 2 de abril de 2011

LULA, O DOUTOR!

POR QUE LULA PODE
  Fonte:www.google.com.br/images
Marina da Silva
concorrer e exercer um cargo público e o Tiririca não? Desde que se começou a publicar sobre, entre otras cositas, a possibilidade de Tiririca, ao contrário do que diz seu cadastro eleitoral, não saber ler e/ou escrever (mesmo que “male male”), alguns cidadãos abriram fogo cerrado questionando: o que Lula tem que Francisco Everardo Oliveira e Silva, o Tiririca, não tem, se ambos, e aqui a mídia unanimemente desce o malho, são pobres, burros, nordestinos e analfabetos? Deixando esta querela improfícua de lado vamos aos fatos e, lançando mão da Constituição Federal/1988 vejamos o que diz o Capítulo IV, Art. 14 que versa sobre os Direitos políticos. Sem nenhum doutorado em Direito Constitucional, qualquer brasileiro alfabetizado que lê e escreve descobrirá que “A soberania popular – ou participação nos negócios do Estado - é exercida pelo sufrágio universal e pelo voto direto e secreto com valor igual para todos”. Tanto para eleger (votar) como para ser eleito (disputar um cargo público para presidente, governador, prefeito, etc.), o cidadão deve estar apto, o mesmo que ter capacidade eleitoral. Podem votar Art. 14, I, II(a, b, c): maiores de dezoito anos (obrigatório); analfabetos, maiores de setenta, maiores de dezesseis e menores de dezoito (facultativo). Para disputar uma vaga e ser eleito o cidadão deve ter: “a nacionalidade brasileira; o pleno exercício dos direitos políticos; o alistamento eleitoral; o domicílio eleitoral na circunscrição; a filiação partidária; a idade mínima” de 35 para presidente, vice e senador; 30 anos para governador, vice (estadual, distrital); 21 anos para deputado federal, estadual, distrital, prefeito, vice; 18 anos para vereador. Art. 14, § 3º I, II, III, IV(a, b, c). “São inelegíveis os inalistáveis e os analfabetos”, diz o Art.14, § 4º, pois não têm capacidade eleitoral ou elegibilidade, enfim, não podem concorrer nas eleições nem ser eleitos! Tiririca é analfabeto ou como a mulher pera “lê e escreve”? No registro de candidatura o postulante a deputado federal por São Paulo Tiririca, “lê e escreve”, portanto está apto para o cargo tendo seu registro deferido pelo Tribunal Superior Eleitoral. Se Tiririca é analfabeto (não lê nem escreve) quem cometeu o “crime” eleitoral ao deferir o registro do candidato? “A Procuradoria Regional Eleitoral em São Paulo encaminhou ofício à Justiça Eleitoral para adoção das medidas cabíveis contra possível crime eleitoral cometido pelo candidato Francisco Everardo Oliveira Silva, o palhaço Tiririca.” Como não houve provas do “possível crime eleitoral”, Tiririca foi eleito com a ajuda da mídia, pois depois de toda a propaganda gratuita de revistas, jornais, TV e congêneres, era esperado que o palhaço arrebentasse a casa dos milhões! Um novo fenômeno “meu nome é Enéias”! Condenável, mas não crime, em Tiririca é sua opção em usar e abusar do que é público e notório: o altíssimo grau de corrupção e roubalheira dos políticos brasileiros e pior, querer se juntar a estes justificando com palhaçadas que “pior do que está não fica”! Um “abestado” que vai piorar e muito a política brasileira! Por que tantos votaram em Tiririca? Perguntar-se-ia. Pelo mesmo motivo que se votou no macaco Tião, sacanagem? Claro...que não é com uma respostinha simplória, tosca, que se pode apreender e compreender o “fenômeno Tiririca” ou mesmo a votação no macaco! Também não passa apenas pela sua performance como palhaço, mas chega perto quem aventar com a identificação dos brasileiros com Tiririca, imagem “cuspida e escarrada” das mazelas e imensas desigualdades econômicas e sociais do Brasil. Somente a título de ilustração: em 2008 dados do TSE - Tribunal Superior Eleitoral mostravam que dos quase 130 milhões de eleitores, 8 milhões são analfabetos; 72 milhões não terminaram o ensino fundamental, ou seja, a turma do “lê e escreve” e apenas 4.5 milhões tinham curso superior!
                                          Fonte:www.google.com.br/images
E Lula? Além de burro, pobre, nordestino, deixar Diogo Mainard e Cia ilimitada insone, “pê” da vida e com fúria assassina, é analfabeto? Para Marcelo Tas, o CQC (genérico do programa argentino “Caiga quien Caiga”) “o Lula não tinha diploma antes de ser presidente, mas com a faixa presidencial ele ganhou todos os diplomas do mundo, ele sabe falar sobre qualquer assunto. Cada capítulo é uma profissão nova pra ele: advogado, economista, técnico de futebol.” Marcelo, o Tassia*, oops, Tas, além de criar esta tese inventou que Lula é Raul Seixas, uma “Metamorfose ambulante”!
                           Fonte:www.google.com.br/images
Como o CQC não é um programa “Brastemp” e nem Marcelo Tas é esta “Coca Cola toda” sair dizendo que Lula é analfabeto, vivendo neste país, conhecendo o presidente metalúrgico e sua trajetória de vida como “O filho do Brasil” beira a má-fé e mau caratismo (e olha o tanto que sou boazinha)! Ignorância nesta era high tech global e por dentro da mídia, do controle e formação de informação e opinião seria paradoxal demais até para Tiririca, que se apresenta como empresário do entretenimento (Ator e Diretor de Espetáculos Públicos)! Tas está correto ao afirmar que só porque Lula está com a faixa presidencial os diplomas lhe caíram ao colo de graça? Comparar Lula a Tiririca é querer enterrar o papel e importância histórica que o ex-metalúrgico, ex-sindicalista, ex-presidente da República Federativa do Brasil por dois mandatos construiu e possui! Outra estultice é querer desqualificar os diplomas que o mundo (leia-se Primeiro Mundo) tributa ao presidente Luis Inácio da Silva, o Lula, um cidadão que inegavelmente é diplomado em política, tem toda a ciência, arte e manha necessárias ao “ser político”, e sim, 90% dos brasileiros tem certeza que Lula é “essa Coca Cola toda”! Porém admitindo que a tese de Marcelo Tas proceda, Lula não apenas “ganhou” diplomas quando se fez presidente com mais de 60% dos votos válidos (o que lhe “jogou” a Faixa no peito) como está altamente habilitado e gabaritado a DIPLOMAR Dilma Rousseff, a primeira mulher na presidência do Brasil, o BBB dos Bric’s; uma das dez maiores potências capitalistas da galáxia; o quinto maior país em extensão do planeta; PIB arrebentando até previsões mais otimistas (Banco Mundial, FMI); portador de um belo pé-de-meia, também atendendo pelo nome de Fundo Soberano e o mais fenomenal: presidenta do pré-sal!
*”Tassia”: gíria adolescente para aquele que se sente o rei da cocada preta, o dono da bola, o bonitão da bala Chita, o poderoso, enfim, aquele que “tá si achando” !
                                              Fonte: www.google.com.br/images