Postagens populares

Pesquisar este blog

Carregando...

domingo, 16 de fevereiro de 2014

BRAZIL: WORLD CUP 2014 em Táxiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii

  Táxi... Táxi...
                        
                                  www.google.com.br/images   "Quer andar de carro velho amor? Salve Ivete Sangalo. Axé!
                                                             
      Zé Pí*



 Dona Mamãe e seu Rapazinho de seis anos aguardam um taxi livre na noite quente de verão.
-Vamos para onde?
               - Rua Lemos, 28, no Parque do Bosque, mas estou com pressa e não quero dar voltinhas.
               - Tranquila, dona, não sou ladrão.
               - Não disse isso, mas a maioria é de nó-cego!
               - Sei... mas eu não sou.
Ofendido, o taxista consulta um mapinha no GPS e escolhe o percurso mais curto, quase sem tráfego, passando pelo baixo meretrício. Parecia vingança boba.

www.google.com.br/images. Rua Guaicurus/BH, "zona de baixo meretrício"  foi eternizada por  Roberto Drummond na obra e seriado global Hilda Furacão.


               Criança e cachorro adoram janelas de carro e o menino foi logo ver o mundo, sem poça d’água, buracos, tapumes, caçambas na calçada, monte de brita, saco de lixo. Lá na “rua das meninas”, o neon, colorido dos bares e boates iluminou a pouca roupa das mulheres como se elas estivessem numa vitrine; e estavam, afinal, à mostra os atributos do conteúdo das sandálias plataforma ou salto quinze, meias de rede, minissaias e micro shorts, sutiãs de vidrilho, bolsas girando ou risos etílicos atraíam a clientela e olhinhos inocentes e curiosos.
               - Mãe, que luz colorida, bonita! E a mãe, com raiva:
               - É.
               - Mãe, por que as moças estão brigando!
               - É mesmo, sei não.
               - Olha, mãe, você tem roupa igual aquelas!
               - Não, filho! Quer dizer... quer sentar!
               - Por quê?
               - É... É...
               - Elas moram todas aqui, mãe?
O motorista aproveita para terminar a vingança e entra no diálogo, quase monólogo:
               - Essas donas, menino, moram aqui nessas casas de luzes coloridas, agarram os homens e levam para dormir com elas. E quando os filhos nascem, não têm pai ou são filhos de  p... Mas a mãe interrompe:
               - Sabe, meu filho, quando os filhos delas nascem e ficam grandes, todos vão ser motoristas de táxi. Fez-se um grande silêncio e cada um entendeu o seu interlocutor.

www.google.com.br/images. Exemplo de inglês Joel Santana ensinado a taxistas e prostitutas que vão faturar turistas na World Cup Brazil. Traga sua carteira e ...camisinha!


               - Chegamos e são 38 e 40 e...  trocados.
               - Toma, fica com o troco e muito obrigada!
               - Não precisa, mas obrigado.
O homem ligou a seta e, no radio:
- Caixa... Caixa!  Na rua, fogos e gritaria: Gaaloooooooooo!
E todos foram felizes, pelo menos até o próximo passageiro.

FOTO Marina da Silva! Cheeeeeeega de corrupção!



 Zé Pí* :Ze Pi (Adaptação do anedotário popular)