Postagens populares

Pesquisar este blog

quinta-feira, 8 de junho de 2017

UM POEMA PARA AMIZADE


Floriano Junior
Na hora da dor
A alma geme
O grito não saí
A voz fica embargada
A visão embaçada

Na hora da dor
O raciocínio se perde
A inteligência não serve
O ar não chega
E a mão já não tem firmeza
Na hora da dor
Não se consegue nem andar
Sente o estômago embrulhar
O suor encharca
O coração muda a sua marcha
Na hora da dor
Sinto quase tudo distante
Mas posso sentir mesmo que por um instante
A sua mão suave
A me acariciar
E sua voz a dizer
Esta dor vai
Passar.
(Floriano Junior)

Ofereço estas linhas aos amigos e amigas
que estiveram e estão comigo em momentos felizes
e também na hora da dor.
Obrigado!